Bocão Ed. 1111 - Impacto

sexta-feira, setembro 16, 2016 0 Comments

Jornal o Impacto

bocao-01
SHREK VON
O Ministério Público deve analisar se é crime eleitoral o programa de rádio e televisão do candidato à reeleição Shrek Von, quando alega que realizou obras com dinheiro público no horário eleitoral de ordem particular. Ele tem obrigação de realizar, já que foi eleito para isso. Assim é fácil fazer campanha com dinheiro público.
SHREK VON 2
Quem é o responsável pelo programa político do Shrek Von? Será que é a Griffo? A mesma que presta serviço à Prefeitura de Santarém? É crime de ordem eleitoral. Ministério Público fique de olho. Como pode a empresa possuir um contrato com a Prefeitura e ser a responsável pela propaganda particular do candidato à reeleição Alexandre Von. Não pode, senhores da lei. As assessorias jurídicas dos outros candidatos devem impugnar esse negócio vantajoso, caso a Griffo seja a responsável pela elaboração, o valor do programa eleitoral de Alexandre pode estar sendo pago pela Prefeitura.
bocao-02ALVARÁ MUNICIPAL
O prefeito Alexandre Von em seu programa engana o povo, propala que modernizou o setor administrativo, porém, estamos em setembro e tem empresa que ainda não recebeu alvará de 2015 e 2016. Prefeitura menor já possui as informações via sistema, como a de Itaituba, que o contribuinte acessa o site e já imprime o alvará e detecta possíveis pendências, liberando o alvará no prazo de 72 horas.
ALVARÁ MUNICIPAL 2
Enquanto que em Santarém, além das exigências indevidas, a burocracia atrapalha a celeridade na liberação. Por esse motivo os serviços internos prejudicam as atividades das empresas.
bocao-03
SEFA E SONEGAÇÃO
O Coordenador da CERAT Santarém, já foi alertado por várias vezes que algumas empresas com atividade de revenda de peças para bicicleta e motos, estão comprando e vendendo sem nota fiscal, porém, presume-se que o Coordenador de Santarém, esteja apoiando essa prática ilícita, já que ele tem conhecimento e não faz nada, entretanto, expede termo de fiscalização para as empresas que emitem nota fiscal, recolhem impostos e geram empregos. Essas empresas que não emitem notas só podem ter apoio para continuar na prática ilícita, já que outras denúncias foram protocoladas e a SEFA nada faz.
bocao-04VOTE CONSCIENTE
Ter a consciência de que o cargo de Prefeito e de Vereador não é considerado emprego com resultado apenas de ganhar os salários no fim do mês. Trata-se de uma prestação de serviço à comunidade que deve ser prestada pelos candidatos, já que foram eleitos para isso. Esses políticos devem ter uma história de vida pautada pelos serviços prestados à comunidade. O que percebemos é que o negócio é ganhar dinheiro e receber alguma vantagem em troca.
VOTE CONSCIENTE 2
O Prefeito fica com a responsabilidade de trabalhar olhando as necessidades gerais da população e não os seus interesses pessoais e de seus amigos. Deve evitar as vantagens ilícitas que surgem nas licitações, nos interesses políticos e nos resultados das obras. Ele passa a ser o administrador da cidade e se dedicar a execução de obras de interesse social.
VOTE CONSCIENTE  3
Os vereadores são responsáveis pela elaboração das leis e fiscalização dos atos do Prefeito e da sua equipe de trabalho. O Vereador não pode realizar acordo com o Prefeito para ficar calado na Câmara, deixar o Prefeito fazer o que ele quer em troca de vantagem pessoal. O Vereador deve possuir uma formação mínima de educação que o habilite para o cargo. Possuir conduta ética e moral em sua vida pessoal. Lembrando que ser Vereador não é assegurar um emprego, um bico, ou enriquecimento ilícito. É importante verificar qual o interesse de ser Vereador, já que alguns vão para assegurar um salário mensal por 4 anos e porventura realizar um acordo cuja vantagem é pessoal.
bocao-05
ICMBio
Recebemos a denúncia de que madeireiros ilegais estão extraindo toda a madeira dos limites da Reserva Extrativista Tapajós – Arapiuns (Resex) pelo lado da Gleba Nova Olinda. As balsas descem o rio Arapiuns rumo a Santarém somente durante a noite para não chamar atenção. Passam direto com a madeira ilegal para Belém. O ICMBio deve fiscalizar e verificar se esta denúncia tem fundamento. Os comunitários temem que os madeireiros ultrapassem os limites da reserva e acabem com a mata de onde eles sobrevivem.
ICMBio 2
O ICMBio não permite que os ribeirinhos daquela região, que sempre viveram da extração de madeira em pequenas quantidades para fabricação de canoas, atravessem o rio para vender sua produção para os carpinteiros que estão na outra margem do rio e que estão sem poder exercer suas atividades devido à falta de matéria prima. Porém, fecha os olhos para os grandes empresários que agem durante a noite. Ataca os indefesos para mostrar serviço e deixa os madeireiros desmatarem o quanto quiserem. Ou será que no ICMBio também usa o famoso sistema de dois pesos e duas medidas?
bocao-06
SUICÍDIOS E CRISE
A grave crise econômica que assola o Brasil, também está fazendo a desgraça em Santarém. Muitas lojas no centro comercial estão fechando as portas e o número de pessoas desempregadas aumenta assustadoramente. Quem perdeu o emprego e não está conseguindo sustentar sua família, está partindo para o crime, por isso o número de assaltos triplicou em nossa cidade. Outros que não querem enveredar para o crime, estão partindo para o pior, cometendo suicídio. Nunca se viu tanta gente se matar em Santarém como nos últimos dias. O caso é sério e deve ser olhado com atenção por nossas autoridades.
FONTE - Por: Emmanuel Rocha ( JORNAL o IMPACTO)

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.