FIT/UNAMA é escolhida para lançamento de obra indiana

William Gomes Vale proferiu palestra na cerimônia de lançamento do livro



medico-veterinario-william-gomes-vale
Médico veterinário William Gomes Vale
“Manual de doenças infecciosas dos animais domésticos” é uma tradução de conhecimentos da Medicina Veterinária, abrangendo também enriquecimentos nas áreas das Ciências Agrárias e da Biologia
Traduzir a obra técnica científica de pesquisadores do departamento de Epidemiologia e Medicina Veterinária Preventiva da Universidade Guru Angal Dev de Medicina Veterinária e Ciência Animal, da Índia, foi um grande desafio para o Dr. William Gomes Vale. Trabalho que teve sua recompensa na quinta-feira (17), quando aconteceu a cerimônia de lançamento da obra, no auditório da FIT/UNAMA.
Sendo a única instituição em Santarém a ofertar o curso de Medicina Veterinária e ser um ambiente onde o tradutor já contribuiu em trabalhos científicos, a FIT/UNAMA foi a escolha ideal para o lançamento da obra. Na ocasião, levantou-se pontos essenciais da atuação do médico veterinário na saúde animal e humana, além de mostrar os desafios que exigem dos profissionais junto à sociedade comum toda.
A obra está dividida em oito capítulos como o de doenças causadas por bactérias, vírus, príons, fungos, helmintos, protozoários, entre outros. O livro é de autoria dos pesquisadores indianos Shukriti Sharma, Vishal Mahajan e Kulbir Singh Sandhur. A ideia de poder traduzir para o português surgiu de uma das viagens do brasileiro à Índia, onde foi prestigiado com uma cópia do livro original do Dr. Vishael Mahajan.
O livro apresenta forma simples e objetiva nas medidas de controles as enfermidades de animais domésticos, principalmente com ênfase nas regiões tropicais e subtropicais. Por se tratar de doenças que ainda não são comuns na América Latina, estudar e conhecer esses tipos de enfermidades é importante para qualquer médico veterinário.
Para William Vale, o curso de medicina veterinária da FIT/UNAMA demonstra o pioneirismo da Faculdades Integradas do Tapajós. “A FIT tem feito um trabalho digno de nota. Existe uma procura muito grande pelos profissionais da área e a região em si é carente desses profissionais. Temos que entender que em Santarém e em todo o Estado do Pará, a pecuária bovina e a bubalina está ressurgindo. Existe um aspecto da conotação da saúde pública, onde a participação do médico veterinário é importante, além de outros aspectos ligados ao meio ambiente onde a presença desse profissional é imprescindível”, destacou o editor.
William Gomes Vale possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (1970), Especialização no Royal Veterinary College, Estocolmo, Suécia (1975), Mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais (1976) e Doutorado e Pós-Doutorado em Medicina Veterinária pela Escola Superior de Medicina Veterinária de Hannover (1983-1996). É consultor técnico de agências, empresas, e órgãos de fomento a pesquisas e desenvolvimento, privadas e governamentais no Brasil e no Exterior, tais como CAPES, CNPq, FAO/ESCORENA, IICA, IBF-International Buffalo Federation, ICAR-International Comittee of Animal Reproduction, Deutscher Bueffel Verband (República Federal da Alemanha), Associação Brasileira de Criadores de Búfalos, EMBRAPA, National Animal Breeding Institute (República Islâmica do Iran) dentre outros.
Fonte: RG 15/O Impacto e Lana Mota