Fim do “Farmácia Popular” preocupa usuários

segunda-feira, abril 10, 2017 0 Comments

O Tadeu Cunha (DEM) destacou durante o tempo de liderança o retrocesso que o país enfrentará com a decisão anunciada pelo Governo Federal de interromper os serviços do programa “Farmácia Popular”. Tadeu, que é presidente da Comissão de Saúde da Casa, adverte a decisão, alegando que o serviço beneficiava milhares de famílias que não têm condições de manter mensalmente a compra de medicamentos.

O democrata lamentou a suspensão dos serviços, principalmente no período em que o país enfrenta na área da saúde uma grande crise. Cunha citou que em Santarém a situação se agrava quando o cidadão procura os postos de saúde e não encontra disponível a medicação. O vereador finalizou o discurso indicando que aguarda alternativas que supram essa necessidade dos usuários.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.