Câmara realiza eleição para o Conselho da Pessoa com Deficiência

sexta-feira, maio 26, 2017 0 Comments

Câmara realiza eleição para o Conselho da Pessoa com Deficiência

O ato de aclamação das entidades representativas aconteceu na manhã desta quinta-feira, 25/05, no plenarinho da Casa.

A Câmara de Vereadores de Santarém por meio da Sexta Comissão dos Direitos Humanos, Juventude, Combate às drogas e Segurança Pública realizou na manhã desta quinta-feira, 25/05, a eleição das entidades representativas do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O presidente da comissão Reginaldo Campos (PSC), Maria José (DEM), que também é membro da comissão, Tadeu Cunha (DEM), Henderson Pinto (DEM), Didi Feleol (PDT) e o procurador jurídico da Casa Alexandre Marialva compuseram a mesa que conduziu o procedimento, uma aclamação das entidades representativas de cada segmento de deficientes.
Campos destacou que esta foi a primeira eleição do conselho, baseada na lei nº 20.017/2016, e explicou que o próximo passo é as entidades indicarem os nomes que comporão o colegiado. “Eles [entidades] agora irão encaminhar até amanhã [sexta-feira, 26/05] os nomes de quem serão os titulares e suplentes, e a comissão [de Direitos Humanos] encaminhará ao Executivo, que terá até o dia 14 [de junho/2017] para dar posse. Nós estamos felizes por ter ajudado a construir esse importante momento para esse segmento do município”, enfatiza.
As entidades que passam a compor o conselho são a Associação dos Deficientes Visuais do Baixo Amazonas (ADEVIBAM), a Associação dos Deficientes Físicos de Santarém (ADEFIS), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e uma representação dos deficientes auditivos, que foi definida por meio de fórum. O procurador explicou como se deu essa inserção dos surdos-mudos. “O conselho é paritário, havendo quatro entidades da sociedade civil e quatro representantes do poder público. Tivemos três entidades habilitadas, e quanto aos deficientes auditivos, como não havia nenhuma entidade habilitada, a lei coloca uma prerrogativa de as categorias se reunirem em um fórum e definirem quem serão os representantes dessa categoria”, esclarece.
ADEVIBAM – O presidente da entidade Ivanilson Cardoso enfatizou que “o debate vai ser sempre na construção da efetivação dos direitos. A ADEVIBAM certamente vai contribuir para que as pessoas com deficiência visual estejam incluídas em Santarém”.
ADEFIS – “O maior objetivo nosso é fortalecer o segmento no geral, não vamos lutar somente por associados. Estamos pensando uma campanha para tentar resgatar pessoas que são deficientes, mas não estão associados. As leis que garantes nossos direitos são muitas. Vamos fazê-las sair do papel e fazer ir para a prática a partir de agora”, enalteceu o presidente da entidade Claudionor Araújo.
APAE – A representante das pessoas com deficiência mental foi Maria do Céu, que é coordenadora do setor de educação especial da SEMED. Ela apontou que o foco é trabalhar a inclusão como forma de garantir os direitos. “Estaremos trabalhando com o conselho em prol da inclusão, seja no âmbito escolar, mercado de trabalho, em todos os segmentos da sociedade. Entendemos que a inclusão só irá acontecer se tiver o envolvimento de todos nós nesse contexto”, ressalta.
Deficientes auditivos – O representante da categoria foi Anderson Araújo. Ele acompanhou a reunião com a intérprete Kelly Araújo, que intermediou a entrevista da ASCOM/CÂMARA com ele. Anderson observou que os deficientes auditivos sentem “muita dificuldade em relação à comunicação. Então esse fortalecimento junto a outras entidades, fará com que tenhamos acesso às informações da mobilização das pessoas com deficiência”.
ASCOM/CÂMARA

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.