CORREIOS: UMA EMPRESA AOS FRANGALHOS

terça-feira, maio 02, 2017 0 Comments


O Presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Guilherme Campos Júnior, foi convidado para discutir a situação da empresa em audiência conjunta das comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; de Direitos Humanos e Minorias; de Finanças e Tributação; e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. “Segundo informações da imprensa, os Correios tiveram um prejuízo de cerca de R$ 500 milhões nos dois primeiros meses do ano”, afirmou o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), um dos parlamentares que propôs a realização da audiência. Além disso, acrescentou Hauly, a empresa “contabilizou um prejuízo de R$ 2,1 bilhões em 2015 e um novo rombo de R$ 3 bilhões em relação ao ano de 2016.” O deputado Luiz Couto (PT-PB), que também apresentou requerimento pedindo o debate, quer aproveitar a oportunidade para discutir também os frequentes assaltos ocorridos contra agências dos Correios que atuam como correspondente bancário. Tudo isso por causa das indicações políticas do PT e de outros partidos para cargos de comando da empresa de pessoas desqualificadas, despreparadas, mas políticos que levantaram a bandeira desses partidos. Resultado: os Correios é uma empresa que não cumpre seu papel e só causa prejuízos aos usuários de seus serviços.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.