Funcionários da Seduc e empresária são presos

quinta-feira, junho 08, 2017 0 Comments

Aliada de Simão Jatene, em 2015, Norma Moura foi eleita presidente do PSDB de Castanhal 
Na manhã da quarta-feira (07), uma operação da Polícia Civil cumpriu quatro mandados de busca e apreensão na Secretaria de Educação do Estado do Pará (Seduc).
Os envolvidos são Norma Coeli Miranda de Almeida de Moura (diretora da URE Castanhal), Luis Miguel Galvão Queiroz (assessor da Secretaria) e Sônia maria de Souza (chefe do almoxarifado) e a empresária Gleiciane Nascimento Gama, que foram investigados desde o ano passado.
As investigações da Polícia Civil apontaram para um esquema criminoso, coordenado por associação criminosa que fraudava o recebimento de mercadorias pela Secretaria e desviava os recursos para pagamento da citada aquisição.
O caso
A fraude contra a administração pública consistia em forjar aquisição de produtos por meio de procedimentos licitatórios em que pessoas de dentro da Seduc atestavam o recebimento da mercadoria, que na verdade nunca fora entregue, e posteriormente com notas falsas e atestou falsos recebiam da Secretaria os valores referente aos materiais licitados.
De acordo com a Polícia Civil, até o momento foram identificados mais de 600 mil reais que seriam desviados dos cofres públicos. A denúncia teria partido de dois funcionários, que suspeitaram da movimentação financeira fora do normal. O desvio de verba, ao menos deste caso, não teria chegado a ocorrer de fato.
Os presos serão interrogados e ficarão à disposição do Judiciário.
A reportagem do DOL entrou em contato com a Seduc para saber o posicionamento da instituição sobre o caso.

Fonte: DOL

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.