PROCURADORIA

sexta-feira, agosto 25, 2017 0 Comments


A Procuradoria da Fazenda Nacional em Santarém está prejudicando o contribuinte, que demonstra vontade de recolher o débito através do PERT. Não atualiza o sistema e o contribuinte fica impossibilitado de imprimir o DARF, causando prejuízo às duas partes, União e contribuinte. Questionada referente à situação, a Procuradoria não responde, fica em silêncio, reforçando a vontade de prejudicar o contribuinte. Senhor Procurador, vamos produzir, assuntos pessoais não podem interferir em questões profissionais. É difícil trabalhar com a Procuradoria da Fazenda em Santarém, que não está aberta ao diálogo. Quem se sentir prejudicado, recorra ao Ministério Público Federal, como fiscal da Lei, usando a Lei 8.112/90, para acabar com a morosidade.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.