PSDB esconde seus líderes e enaltece parlamentarismo em propaganda na TV

Às voltas com a maior crise de sua história, o PSDB levará ao ar no próximo dia 17, em rede nacional de rádio e TV, uma propaganda partidária inusual. Nela, não haverá o tradicional desfile de lideranças. A vitrine eletrônica —dez minutos no horário nobre— será usada para enaltecer o parlamentarismo como sistema de governo ideal para o Brasil, um país em eterna ebulição política.


O parlamentarismo é uma velha bandeira do tucanato. A hipótese de ser implementado é remota. Ainda assim, o PSDB decidiu bater bumbo. Foi o pretexto que a legenda encontrou para esconder as aves do ninho, sobretudo Aécio Neves, cuja plumagem foi tisnada por nove inquéritos criminais abertos no Supremo Tribunal Federal.