Obra de saneamento na orla evitará despejo de água servida no rio Tapajós

segunda-feira, outubro 23, 2017 0 Comments

Prefeito de Santarém Nélio Aguiar e comitiva visitaram o canteiro de obras na manhã deste sábado (21).

Da Redação - Agência Santarém

Obra de saneamento na orla evitará despejo de água servida no rio TapajósCom 40% dos serviços já executados, a obra de esgoto e saneamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) chegou a uma nova fase. A equipe executa atualmente a instalação da tubulação de esgoto na Avenida Tapajós, no trecho da Travessa Senador Lemos até a Rua Visconde do Rio Branco. Entre vários benefícios, a obra evitará o despejo de água servida no rio Tapajós.
Saiba mais: Na manhã deste sábado (21), o prefeito de Santarém Nélio Aguiar visitou o canteiro de obras, acompanhado pelo vice-prefeito José Maria Tapajós, secretários municipais, membros da Câmara de Vereadores, representantes de entidades comerciais e empresariais, equipe de engenheiros da Seminfra e da empresa responsável pela obra Carmona Cabrera.
"Cerca de 25 mil pessoas serão beneficiadas com rede de esgoto. Com essa região central recebendo saneamento, a gente começa a acabar com os esgotos a céu aberto, e principalmente, o esgoto que corre em direção ao rio Tapajós. A drenagem que existe é somente para receber água da chuva não é pra receber água servida. Com o saneamento vamos eliminar esse esgoto direcionado ao rio Tapajós", explicou prefeito de Santarém, Nélio Aguiar.Prefeito Nélio Aguiar vistou serviços e fez observações
Iniciada em 2013, a obra que tem investimento de quase R$ 32 milhões, contempla: urbanização do cais de arrimo, ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) com benefício para 25 mil habitantes, construção da Estação Elevatória de Esgoto (EEE), construção do coletor tronco (Da Praça do Pescador até a Travessa Assis de Vasconcelos), e rede de esgoto que contemplará os bairros Aldeia, Aparecida, Santa Clara, Centro, Prainha e Santíssimo.
"Neste perímetro visitado já temos o coletor tronco e a rede de esgotamento, estão faltando as ligações domiciliares. A Cosanpa que é a gestora de água e esgoto no município, é a responsável em cadastrar as pessoas. Desta forma, vamos evitar que as pessoas joguem água servida para as ruas", afirmou o engenheiro Cledimar Augusto Silva, da Divisão de Engenharia e Fiscalização de Obras da Secretaria Municipal de Infraestrutura.
Durante a vistoria, o prefeito pediu atenção para a etapa de urbanização e arborização da orla. "Não desejamos uma orla somente de concreto, pretendemos plantar árvores para embelezar o espaço e também para oferecer sombra a quem circular pelo local", reforçou.
A previsão, se tudo ocorrer dentro do planejado, e que a etapa de urbanização do trecho da orla seja entregue antes do Círio da Conceição.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.