Sem tetos da ocupação da Boa Vista do Juá reivindicam na Câmara de Santarém

Dezenas de sem-teto da ocupação do Juá lotaram o plenário da Câmara Municipal de Santarém na tarde desta segunda-feira (05). O motivo da presença deles na Câmara, é solicitar aos vereadores que impeçam a operação que a Polícia Militar deverá realizar dentro de poucos dias para a reintegração de posse do terreno.
Hoje, mais de 2 mil famílias já se instalaram na referida invasão, onde o desvio de energia elétrica é público e notório, sem falar no crime ambiental contra o Lago do Juá.
FIQUE POR DENTRO: Essa polêmica da desocupação da invasão do Juá ainda vai render muito. É público e notório que as mudanças provocadas pela ocupação desordenada próxima à APA (Área de Proteção Ambiental) são visíveis e assustadoras. Com o crescimento irregular, as moradias acabaram invadindo a área demarcada da APA. Os prejuízos ambientais ao manancial foram confirmados após um estudo da Semma. O relatório apontou que as ocupações irregulares ao redor da APA Juá são as principais causadoras do assoreamento no lago.
O MPE e MPF ingressaram com Ações Civis Públicas na Justiça. Tramitam no Judiciário de Santarém três ações, sendo uma delas movida pelo proprietário do terreno. Um mandado de reintegração de posse foi expedido. De acordo com o Comando Geral da PM do Pará, está sendo finalizado o levantamento da área para executar a reintegração. Esta semana uma equipe da PM sairá de Belém para fechar o levantamento em Santarém. O Comando ressalta, ainda, que após esse levantamento a área será reintegrada.
Fonte: RG 15/O Impacto