Profissionais do Hospital Regional participam do Congresso Médico Amazônico

terça-feira, abril 26, 2016 0 Comments

Oncologista Marcos Fortes, presidiu conferência "A Comunicação Estratégica de Risco na Saúde"


Marcos Fortes, médico oncologista do Hospital Regional de Santarém
Marcos Fortes, médico oncologista do Hospital Regional de Santarém
A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar é apoiadora do 18º Congresso Médico Amazônico que acontece até o dia 27/04 no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém (PA). De acordo com a organização do evento, três mil profissionais e estudantes estão inscritos. Dentre esses milhares, estão vários profissionais do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), que participam de palestras, mesas-redondas e apresentações de trabalhos.
O coordenador da Oncologia do HRBA, cirurgião Marcos Fortes, presidiu a conferência sobre A Comunicação Estratégica de Risco na Saúde, na segunda-feira 25/04. Para o médico, essa inclusão de Santarém no contexto regional e nacional é um avanço muito grande. “Isso não era uma realidade. Nós estávamos fora do contexto nacional e, hoje, nós estamos completamente inseridos, inclusive participando de aulas, palestras e conferências”, conta.
Ao longo do evento, diferentes temas serão abordados para a atualização dos profissionais da saúde. Somente os profissionais do HRBA vão apresentar 12 trabalhos científicos no congresso. “A participação de alunos e médicos do binômio Uepa/HRBA é de fundamental importância para a troca de conhecimentos científicos e experiências pessoais, contribuindo para o melhoramento profissional de todos e ainda buscando soluções para os problemas de saúde da nossa população”, explica a cancerologista Kalysta Borges.
O oncologista Carlos Hummes será um dos palestrastes do evento. Ele vai falar sobre Os Avanços em Imuno-Oncologia, no dia 27. “Esse é o ramo da oncologia que provavelmente vai ser o nosso futuro. Eu acredito que em breve, talvez nos próximos 10 a 20 anos, vamos ouvir falar muito menos de quimioterapia e ouvir só basicamente de tratamentos imunológicos. É uma revolução fantástica e por isso escolhi esse tema”, diz.
Para o diretor geral do HRBA, Hebert Moreschi, participar de uma forma tão abrangente do Congresso Médico Amazônico 2016 mostra o reconhecimento dos trabalhos desenvolvidos pelo hospital no Oeste do Pará, em que os resultados se tornam referência para toda a região Norte do país. “Na parte médica, vamos apresentar os trabalhos desenvolvidos e os resultados obtidos na unidade. Vamos participar, também, compartilhando as experiências do HRBA que podem ser utilizadas em outros hospitais, como uma referência de gestão e de atingimento de bons resultados, que trouxeram para nossa população uma assistência de qualidade, segura e cada dia mais resolutiva”, finaliza Moreschi.
Gestão Pró-Saúde
A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, entidade administradora de nove hospitais no estado do Pará, é uma das apoiadoras do evento. Nesta segunda-feira, 25, está sendo realizado o  I Simpósio do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, que foi aberto com a palestra Gestão Hospitalar por Organização Social em Saúde (OSS), ministrada pelo diretor de operações da entidade, Jocelmo Pablo Mews. Participaram do evento, o coordenador do Grupo Técnico dos Hospitais Regionais da SESPA, Fernando Escudeiro; o diretor operacional da entidade no Pará, Paulo Czrnhak, o diretor gera do Hospital Metropolitano, Rogério Kuntz; o diretor geral do Hospital Público Estadual Galileu, Saulo Mengarda e a diretora geral do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, Alba Lucia de Menezes Sá Muniz.
O HRBA é uma unidade pública de saúde, pertencente ao Governo do Pará, que atende uma população superior a 1,1 milhão pessoas localizadas em 20 cidades do Oeste do estado. O hospital vem, nos últimos anos, recebendo diversos reconhecimentos nacionais. O último aconteceu no final de março, em uma publicação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que apontou o HRBA como o único hospital público da região Norte a atingir os mais altos padrões de qualidade.
Fonte: RG 15/O Impacto e Joab Ferreira

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.