Mural do Povo – Semana XXIV

sexta-feira, junho 10, 2016 0 Comments

Aqui você tem vez e voz!


CabecalhoMuralJPG22
(José Sousa)
“Mesmo com as constantes fiscalizações, os roubos de gado e a pesca predatória continuam na região do Ituqui. Para buscarmos metas de coibir esses problemas junto as autoridades de segurança de Santarém, realizamos mais uma reunião na quarta-feira, 08, aqui na cidade. Durante a reunião, 20 lideranças das comunidades do Ituqui elaboraram um documento, para ser entregue no Ministério Público Estadual (MPE), pedindo acompanhamento deste órgão em relação ao roubo de gado. O objetivo é cobrar mais segurança nas propriedades com ajuda das Polícias Civil, Militar, Capitania dos Portos, Secretaria de Meio Ambiente e Ibama”.

(Luizimar)
“Aprovada e sancionada a Lei que constitui o Sistema Municipal de Cultura, fato que foi massivamente comunicado pelo poder público municipal, que não fez mais do que a obrigação, e fez com atraso, as lideranças da cultura municipal estão aguardando a efetivação de tal proposta, entre elas a criação do Fundo Municipal de Cultura. Quando será aberta a conta bancária? Quando será feito o repasse da prefeitura? Já existe o conselho que irá gerir os recursos? e principalmente, o percentual de repasse proposto está contemplado no orçamento que tramita na Câmara Municipal? Espero que a prefeitura dê as respostas, e que esse Conselho não fique igual ao Conselho de Contribuintes, que existe no papel, mas não foi efetivado para dar a chance de defesa ao contribuinte, diante de possíveis equívocos do fisco municipal”.

(Poluição Sonora)
poluição sonora“Direto da cidade esquecida, da Pérola que perdeu o brilho. Os aleijados mentais continuam aproveitando altas horas da noite para desfilares seus sons altos pelas ruas da cidade. Pior de tudo, é que apesar de toda essa poluição sonora, o secretário Podaliro Neto faz ouvido de mercador; ou tem problema de audição ou está completamente alheio a este problema. Também pudera, depois da meia noite, com toda certeza o dr. secretário e seus comandados podem estar dormindo e sonhando com os anjos. O povo que se lixe!!!  Eis a questão”. (Carlos Cruz)

(Alô Ministério Público)
“Prefeitura de Jacareacanga, no oeste paraense está sendo saqueada por funcionários do alto escalão. Ganham salário pouco e já comprou uma casa lotérica, e outros com casas luxuosas. Prefeito recebe salário de mais de 15 mil reais, recentemente comprou uma mansão de quase meio milhão de reais, sem falar de carros, fazendas, lotes, sem falar nos outros investimentos em  cidades vizinhas. Queremos o ministério público federal para investigar as denúncias urgentes!”

(Lana Mota)
A FIT/UNAMA realiza nesta sexta-feira, 03 de junho, às 19h no Auditório da Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES), o Encontro FIT com RHs do município de Santarém, Oeste do Pará. “A disfuncionalidade do pensamento na gestão de pessoas” será o tema desta terceira edição. A palestra será realizada pelo psicólogo clínico e organizacional Luciano Oliveira.
O objetivo do encontro é destacar a importância de trabalhar o controle emocional para um convívio saudável no ambiente de trabalho, facilitando também, a tomada de decisão nas empresas. Público alvo: Gestores de empresa, líderes e profissionais de Recursos Humanos (RH).
Luciano Silva de Oliveira é psicólogo, autor do primeiro e segundo encontro Norte Nordeste de Desenvolvimento Humano, docente do curso de Psicologia, diretor técnico da clínica de Psicologia CPTRANS e psicólogo credenciado da Polícia Federal entre outras atividades  com fim na iniciativa federal.

(Ivanilda – Santarenzinho)
“Hoje aconteceu a prisão de uma quadrilha de assaltantes aqui no Santarenzinho. Os membros da quadrilha são suspeitos de participar do assalto a uma joalheria na área central de Santarém e a casa de um médico no bairro do Diamantino. Fazem parte da quadrilha três homens e duas mulheres. Eles também são suspeitos de participação em outros assaltos na cidade. O que mais me impressiona é que esses assaltantes são de Macapá. Isso quer dizer que já não basta os bandidos que tem aqui e, agora estão vindo outros desocupados de outras cidades da região. As autoridades devem ficar de olhos abertos em relação a essa onda de migração de bandidos para Santarém. Nossa cidade ainda é considerada calma diz respeito à violência, mas se as autoridades não abrirem os olhos, daqui a alguns anos poderemos ficar igualmente outras cidades, como Belém, onde a violência cresce a cada dia!”

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.