Bocão Ed. 1100 - o impacto

sábado, julho 09, 2016 0 Comments

Veja as notícias quentes do Bocão desta semana.


ALEXANDRE EVANGÉLICO
bOCÃO 01O prefeito Alexandre Von visando votos dos evangélicos que não estão mais votando por indicação de seus pastores, já que não recebem nada, apenas as igrejas são favorecidas, quer manter o evento da Igreja da Paz no estádio Colosso do Tapajós; enquanto o Cristoval, evento da Igreja Católica ele não faz nenhum esforço. Os católicos devem analisar o comportamento do Prefeito pela preferência da Igreja da Paz. Alexandre está visando votos e não a palavra de Deus.
PREFEITURA X BANCO
bOCÃO 03É bom o Ministério Público interpelar o prefeito Von para saber por que ele está trocando de banco para pagar a folha de pagamento dos servidores? Comenta-se que essa troca vai render 15 milhões para a Prefeitura. Perguntar não ofende, será que isso é verdade, Prefeito? Para saber se é verdade, o Ministério Público deve entrar no meio para saber.

COM PECADO
bOCÃO 04O que se percebe, muito cá entre nós, é que a Legislação Eleitoral destinada às campanhas políticas de outubro próximo é rígida e eivada de proibições. Porém, neste período que antecede a eleição, os candidatos estão naquela zona cinzenta, abaixo da linha do Equador: tudo é permitido, nada é pecado
COM PECADO 2
A Justiça Eleitoral deve ficar de olho que muitos candidatos a Prefeito estão aparecendo no horário cedido aos partidos e estão se aproveitando para divulgar seus trabalhos com objetivo de iludir o povo. É o caso do prefeito Alexandre Von, que está fazendo propaganda de seu governo, ou seja, divulgando obras com efeito de ganhar voto. É crime, senhor Prefeito. O Ministério Público deve ficar de olho na antecipação do programa político. Alexandre está fazendo campanha antes do tempo.

ARMA MORTÍFERA
bOCÃO 05
Alexandre Von possui 2 armas contra seu próprio governo. Uma é o Kiko Pimentel, terrivelmente eficaz para acabar com sua reeleição. A outra é Podalyro. Esses dois estão prejudicando ainda mais a péssima administração de Von, que está com sua popularidade 8 graus de febre.

O NINHO DE VON
bOCÃO 06Até agora o pessoal do DEM e do PMDB não deixaram o governo Alexandre Von. Essa estratégia de Alexandre é para conseguir apoio dos 2 partidos, enquanto o DEM e PMDB estão pensando diferentes. Os filiados dos dois partidos estão lá investigando e colhendo as irregularidades contra Alexandre. Comenta-se que já estão munidos de vários documentos que comprometem a administração de Von e vão ser apresentados em plena campanha. O Prefeito criou um ninho para se coçar.

PMDB E PT
bOCÃO 07Sem fazer barulho, o ex-deputado Antonio Rocha como bom estrategista, está costurando por Brasília a dobradinha Antonio Rocha e Socorro Pena. Falta pouco para fechar a parceria. As negociações estão sendo realizadas pelos grandes dos dois partidos. Levando em consideração a votação dos partidos PMDB e o PT, vai esquentar a chapa de Alexandre Von, pois além de sua péssima administração, os dois partidos juntos possuem votos para derrubar Alexandre, cujos votos de Alexandre são de Lira Maia, que agora vai apoiar Nélio Aguiar que vem forte também, podendo ficar para o segundo turno com Antonio Rocha e Socorro Pena.

NÃO ME CALO
bOCÃO 08Homem simples e popular, o vereador Nicolau do Povo não é de levar desaforo para casa. Nesta semana, depois de ficar indignado e chateado com as promessas não cumpridas do secretário Kiko, colocou a boca no trombone, ou melhor, concedeu entrevista à TV IMPACTO onde fez um desabafo contra o Secretário de Infraestrutura do governo do prefeito Shrek.
NÃO ME CALO 2
No dia seguinte, após tamanha repercussão da entrevista nas redes sociais, o que não faltou foi assessores e outros parlamentares da base aliada tentando puxar a orelha do Vereador do povo, alegando que deve haver união, dizendo que estão todos no mesmo barco. Nicolau não deixou barato, e afirmou em alto e bom tom, que a defesa do povo é prioridade em seu mandato. É bom ficar atento Vereador, será que o barco que o senhor está, é o mesmo do restante da base aliada? Sei não!

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.