Povo morrendo sem remédio


A Prefeitura de Santarém continua sem disponibilizar os remédios que, por lei e por força da Constituição Federal, devem ser fornecidos gratuitamente aos pacientes de doenças crônicas. Em Santarém não há remédio que preste para diabéticos, para pressão, doenças cardíacas e problemas de coluna. Enquanto em outras cidades esses remédios, da melhor qualidade estão disponíveis para os necessitados, em Santarém, quando tem, são os de pior qualidade. Isto é um desrespeito com o povo.