Maia prevê quórum de 460 para cassar Cunha

quarta-feira, agosto 17, 2016 0 Comments

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, disse que marcou para 12 de setembro o encontro de Eduardo Cunha com a guilhotina porque “a data tem sua racionalidade”. Absteve-se de explicar suas razões. Limitou-se a dizer que haverá quórum alto nos primeiros dias do mês que vem, em plena campanha municipal. Chutando para o alto, estimou a presença de 460 dos 511 deputados.
“Vai ter quorum todos os dias'', disse Maia. “A data está marcada. Vocês pediram a data e a data foi marcada. A data tem a racionalidade dela e corresponde ao que a sociedade espera, que esse processo possa estar encerrado antes do processo eleitoral.”
Se você reparar bem, não há mesmo razões para pessimismo. Cunha carrega no bolso algo como 200 deputados, que têm uma oportunidade única para exibir alguma altivez. Os segredos de Cunha metem medo até no Planalto, que certamente não desperdiçará a chance de provar que o chantagista blefa. Em dias como o 12 de setembro, uma segunda-feira, a Câmara costuma ficar às moscas, o que oferece a Rodrigo Maia a oportunidade para operar o milagre de transformar vácuo em votos.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.