NOVO PORTAL

quarta-feira, agosto 24, 2016 0 Comments

INCÊNDIOS DESTRUIDORES

Edição 1107


Por: Dr. José Olivar
Lamentavelmente vêm se registrando incêndios de grandes proporções em nossa cidade, citando-se, especificamente, o que ocorreu há alguns meses na Loja Fim do Mundo, que destruiu todo o acervo de mercadorias ali existentes, causando um prejuízo de mais de 6 milhões de reais para os proprietários que, após anos a fio de trabalho, conseguiram formar uma empresa com um considerável patrimônio. Recentemente, mais um incêndio destruiu totalmente o prédio de 02 pavimentos que fica na confluência da Lameira Bittencourt com a Travessa dos Mártires e com ele também foram destruídas várias lojas de venda a varejo e um hotel que ficava no andar superior. Estes dois incêndios acabaram com a economia de famílias de empresários que deram seu suor e seu tempo na exploração comercial de suas empresas. Todos eles são de origem nordestina que aqui vieram em busca de melhores dias e que se dedicaram dia e noite aos seus objetivos, que o fogo destruiu em poucas horas. Neste contexto há uma desconfiança dos serviços de fornecimento de energia da CELPA, que além de oscilar constantemente, às vezes interrompe o fornecimento e ao retornar pode causar sobrecarga na fiação e aparelhagem, o que eventualmente desconfiam que também pode gerar tais incêndios. Todavia, isto é só especulação, cabendo a perícia estabelecer as causas de tais desastres. De uma forma ou de outra, ainda que não se possa dizer quem é o culpado, a realidade é que a CELPA precisa fazer manutenção dos seus equipamentos e melhorar a prestação dos serviços de energia.
LENTIDÃO DA JUSTIÇA
No Brasil inteiro o índice de criminalidade é altíssimo, a isto se atribui vários motivos: omissões da Lei Penal e Processual Penal; abertura de concessões de indultos desenfreados na Lei de Execuções penais e na visão de alguns Magistrados; lentidão absurda da Justiça, que faz com que os meliantes acreditem na impunidade. Aqui mesmo em Santarém, um assalto ocorrido em abril/2016, e identificados os bandidos, o delegado encarregado do inquérito pediu no mesmo mês a prisão preventiva e até o dia 17/08, não havia sido decretada, mesmo com vasta prova nos autos. Ou seja, como confiar na celeridade processual, se uma simples prisão preventiva não recebe despacho deferitório durante 04 meses? E assim, são vários e vários casos, fazendo com que os bandidos esnobem a impunidade, esnobem na internet o produto do roubo (como aconteceu no caso acima em que o bandido publicou na internet sua imagem e do parceiro com parte, em espécie, dos 25 mil reais que surrupiou), sem que a Justiça se apresse a fazer JUSTIÇA. Lamentável!
GANHANDO PONTO: A decisão do Supremo Tribunal Federal, que, através do Ministro Teori Zavascki determinou a abertura de inquérito para apurar possíveis interferências da Presidente afastada, Dilma Roussef, do ex-presidente Lula, alguns ministros, Luiz Eduardo Cardoso e também ministros integrantes do Superior Tribunal de Justiça. Esta ordem já era esperada a meses em razão do pedido formulado pelo Procurador Geral da República. É uma vergonha, se for confirmado a interferência dessas autoridades visando obstruir a Justiça no caso da Operação Lava Jato. O mais estarrecedor é a participação de ministros do STJ, que se for comprovada, enlameiam o Poder Judiciário Brasileiro. O Brasil está tomando jeito!
PERDENDO PONTO: As escolas de Santarém, especialmente as da rede pública e do ensino fundamental que estão sendo invadidas por traficantes de drogas com a finalidade de vender seus entorpecentes e transformar os alunos adolescentes em viciados, talvez futuros traficantes. Conforme as reclamações dos professores e diretores dessas escolas, apesar da vigilância da Polícia Militar, faltam mais fiscalização e combate a esses meliantes por parte das autoridades constituídas, visto que, segundo os mestres, as escolas, em grande número, estão a mercê de todo tipo de influência da bandidagem, fazendo com que não tenham, os professores e os diretores, meios para evitar a droga no ambiente escolar que prolifera em todas as unidades de ensino no Município. É como sempre digo, o combate á criminalidade parte do controle da entrada de drogas no Município e de sua disseminação entre jovens, nas escolas e bairros. Sem uma política de combate rigorosa nada vai produzir o efeito esperado.
PONTUANDO: # Para a última hora – Hoje (19/08) faltam apenas 29 dias para o início do Sairé, e por incrível que pareça lá na praça ainda não colocaram nenhum palito de fósforo destinado às festividades. Como sempre estão deixando tudo para a última hora, quando então, já próximo da abertura, vai ser uma correria danada. Que absurdo!  # A Vila descuidada – Por falar em Sairé, seria bom que as autoridades do município já fossem preparando a parte central da Vila de Alter do Chão – principalmente a Praça da Matriz e a Orla – para receber os visitantes com um melhor visual. Bem que o Prefeito poderia aproveitar a época de campanha política e mandar asfaltar o quadrilátero que cerca a Praça da Matriz (o povo de lá também vota), assim como mandar trocar as lâmpadas queimadas da Orla, visto que atualmente tem várias delas propiciando uma escuridão quase total. # Transporte sem fiscalização – Outro fato importante que deve ser observado, diz respeito ao transporte coletivo da linha Santarém x Alter do Chão. Todo mundo reclama da superlotação dos ônibus, principalmente aos domingos, do atraso dos coletivos e da falta de conforto. Os empresários reclamam da falta de aumento das passagens, mas não querem melhorar a frota dos veículos. # Criminalidade sem controle – A coisa está feia em Santarém e vai piorar. Todo fim de semana são vários homicídios, a maioria envolvendo bandidos ligados ao tráfico de drogas e aos assaltos. A Polícia Militar vem fazendo um trabalho excelente, no entanto está difícil um controle nos atos dos meliantes. Não se pode deixar de ressaltar que a Polícia trabalha de forma precária, com contingente pequeno para tantos crimes; viaturas velhas e com pouco combustível, sem se falar em outras necessidades que o Governo do Estado não as supre. # Nepotismo campeando na Prefeitura – Impressionante o número de parentes de servidores da Prefeitura de Santarém, principalmente dos Secretários, que infringem a Súmula 13 do STF. Lá, a esposa de um Secretário trabalha na Saúde na Comissão de Licitação; na Procuradoria Jurídica e noutras Secretarias existem parentes até o terceiro grau de outros servidores. Que eu saiba, o Ministério Público até hoje não ajuizou ação para coibir tais procedimentos. Já na época em que Henderson Pinto foi Presidente da Câmara, a prensa do MP era grande. Por que mudou?   # Discussão eleitoral – A Justiça Eleitoral em Santarém está se reunindo com representantes de partidos políticos para traçar o que pode e o que não pode em termos de propaganda eleitoral. Hoje aconteceu a segunda reunião com a presença do MP onde foram discutidos assuntos que dizem respeito à campanha para as eleições majoritárias e proporcionais. # Serviços mal feitos – A Prefeitura está fazendo a continuidade do meio fio dos canteiros da Avenida Mendonça Furtado – acho que por recomendação do MP – com o fim de evitar que os veículos façam retorno em pleno fluxo do trânsito em sentido contrário. Acontece que o meio fio de cimento é tão mal feito, que não fizerem se quer ranhuras no asfalto para fixação do tal meio fio. Resultado: ainda nem terminaram e grande parte já está sendo arrancada e destruída pelo simples toque dos pneus dos veículos. Lamentável!  # Ainda sobre os serviços mal feitos – As faixas de sinalização que a Prefeitura mandou pintar em várias ruas – lembremos que são obras de última hora – estão, mesmo após poucos dias, já se deteriorando, perdendo o brilho e a cor, principalmente as faixas brancas de passagem de pedestres. É que usaram uma tinta de baixa qualidade que serviu para embelezar e mostrar “trabalho”, mas que não suportam a ação do tempo e dos veículos, desaparecendo misteriosamente. Tudo isso é falta de compromisso com o povo! # A via crucis da COSANPA – Não adianta nós culparmos o Diretor local da COSANPA, Sérgio Campos, pelos desmandos que estão ocorrendo no fornecimento d’água em Santarém. Ele é, com certeza, o menos culpado de tudo, ou não tem culpa nenhuma, pois é uma pessoa dedicada e usa da sinceridade para mostrar que, se dependesse dele não teríamos as complicações que estamos tendo. Se existem culpados, e de fato existem, o primeiro é o Prefeito, cujo Governador é do seu partido e não consegue, junto a ele, verba para aplicar no Município e melhorar a rede d’água. O segundo é o próprio Governador que prometeu trabalhos na COSANPA e em outros setores, quando foi candidato, terminando por não fazer nada. Vir agora dizer, em plena campanha eleitoral, que está fazendo licitação para reequipar a COSANPA é pensar que o povo é burro!  # As contas bancárias dos candidatos e os bancos – Os candidatos para as eleições de Outubro vindouro estão reclamando muito da burocracia e do desinteresse dos bancos para fazerem a abertura de contas correntes que todos os candidatos são obrigados a terem para depósitos e movimentação da campanha. Talvez os bancos não tenham tanto interesse, porque a conta específica não importa em depósito inicial, assim como não podem cobrar qualquer custo ou despesa extra. A Justiça Eleitoral (104ª Zona – que trata dos registros de candidaturas) deve socorrer a estes candidatos que podem se prejudicar.  # Pará batendo recorde de crimes – Neste último fim de semana prolongado o nosso Estado bateu recorde de homicídios. Foram 53 mortes em todo o Estado, sendo que 11 na Região Metropolitana de Belém. Na sexta-feira ocorreram 09 homicídios no Estado, 14 no sábado, 18 no domingo e 12 na segunda-feira, que foi feriado. Só para se ter uma ideia do índice da violência, nos três últimos fins de semana ocorreram 178 homicídios. Estão matando mais do que na guerra civil da Síria com o Estado Islâmico. Absurdo!

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.