O POVO RECLAMA...

(Nazaré Fonseca – Santarenzinho)
“Continua o problema de falta de água aqui no Santarenzinho. Às vezes o carro-pipa aparece e a gente compra água. São R$ 50,00, para encher uma caixa de 1.000 litros. Quando o carro-pipa não vem à gente se vira como pode. Ou vai até uma escola carregar água no balde ou conta com ajuda de vizinhos que tem poço artesiano. Já moro há muitos anos aqui e isso nunca mudou. Para lavar roupa a gente vai até o Igarapé da Toca da Raposa correndo todo tipo de risco, como de ser assaltada e de ser violentada por algum bandido. O pior disso tudo é que em plena campanha para a eleição de outubro, até agora nenhum político deu as caras por aqui, pra pelo menos fazer promessas que a gente sabe que nunca vão ser cumprida. Enquanto isso continuamos contando com ajuda de Deus para poder sobreviver sem água!”