CONTINUA A DESORGANIZAÇÃO NO PORTO IMPROVISADO DA PRAÇA TIRADENTES:



 Várias reclamações chegam quase que diariamente à nossa redação, em todas, a denúncia da visível e degradante falta de respeito que impera por conta do poder público a quem chega ou sai da cidade, via marítima. Duas balsas improvisadas há quase uma década servem como porto de cargas e passageiros.
O pior é que por toda extensão da orla que serve como cais de embarque, tudo é feito de maneira improvisada, tanto nos barcos de pequeno como de grande porte, onde pranchas mal colocadas e em risco de cair, servem como via de acesso, colocando em perigo principalmente crianças e pessoas de mais idade. Uma verdadeira bagunça que há muito deveria ter sido equacionada pelo gestor municipal e seu respectivo secretário de Obras, senhor Edilson Pimentel. Até o Ministério Público Estadual foi acionado para moralizar o local, mas a algazarra portuária continua, como que desafiando a Justiça e testando a paciência e destreza de quem é obrigado a fazer malabarismo, tanto para chegar ou descer dos barcos que ainda atracam no local, infelizmente sem ter outra alternativa. Crônicas da cidade esquecida.