Operação prende perigosa quadrilha de assaltantes

sexta-feira, setembro 16, 2016 0 Comments

Quadrilha presa estava realizando vários assaltos na cidade e planalto


inmtegrantes-da-perigosa-quadrilha-desbaratada-pela-policia
Integrantes da perigosa quadrilha desbaratada pela Polícia
Após intensas investigações e trabalho de inteligência, a Polícia Civil e a Polícia Militar conseguiram prender um grupo criminoso acusado de praticar vários assaltos na cidade de Santarém. Segundo a Polícia Civil, o setor de inteligência recebeu a informação de que a quadrilha estaria se preparando para praticar mais um assalto, momento em que os policiais desencadearam a operação que iniciou na tarde de quarta-feira (14), e adentrou pela madrugada de quinta-feira (15). De acordo com informações da Polícia, os homens praticavam os assaltos e uma mulher dava apoio nas ações. Os órgãos de segurança pública trabalham com a suspeita de que a grupo criminoso tenha envolvimento em assaltos realizados também na região do planalto santareno, mais precisamente na comunidade do Jacamin, no dia 30 de agosto, quando três bandidos armados e encapuzados invadiram uma residência, fizeram os moradores reféns e fugiram levando R$ 115 mil.
O grupo criminoso foi levado para 16ª Seccional de Polícia Civil, onde seus componentes foram identificados. Os presos são: Daniely Sousa, de 25 anos, residente na Rua Cumaru, bairro Vitória Régia; Alessandro Junio Coelho de Sousa, vulgo “Alé”, de 36 anos, residente na Rua Jorge Ricardo de Freitas, bairro Santíssimo; Arlisson Miranda Freitas, vulgo “Calcinha”, morador da Alameda Norte, bairro do Livramento; Marlisson Mota Correa, vulgo “Ferrinho”, residente na Av. Reinaldo Barbosa, entre José Agostinho e Beco Arnaldo Freitas, bairro do Santíssimo; Luiz Ricardo Almeida da Silva, vulgo “Lula”, morador da Rua Três Corações, bairro Cidade Nova, em Belém, foragido da cadeia de Belém; e Alexsander Ferreira Silva, vulgo “Durox”, também foragido da cadeia de Belém.
Junto com os integrantes da quadrilha, a Polícia apreendeu vários objetos, tais como coletes a prova de bala, uniformes da empresa concessionária de energia, celulares e joias.
A Polícia segue as investigações. Os suspeitos foram ouvidos em depoimento junto ao titular da divisão de roubos e furtos, delegado Castro, que solicitará à justiça prisão dos acusados.
Por: Edmundo Baía Júnior
Fonte: RG 15/O Impacto

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.