Jardel Guimarães: “Sou a favor da guarda municipal armada”

segunda-feira, outubro 31, 2016 0 Comments

Jardel Guimarães foi eleito Vereador pelo PTN e acampará esse projeto



delegado-e-vereador-jardel-guimaraes
Delegado e Vereador eleito Jardel Guimarães
“Uma Guarda Municipal armada será mais eficientes. Estará mais preparada para combater a violência e restabelecer a ordem. Caso contrário, será uma guarda decorativa e sem efetividade”, disse o delegado da Polícia Civil e Vereador eleito Jardel Guimarães (PTN), à nossa reportagem.
Jardel Guimarães (PTN) visitou a Câmara Municipal de Santarém na segunda-feira (24), a fim de conhecer melhor a instituição, uma vez que a partir de ano que vem, ocupará uma das cadeiras no Legislativo santareno. Jardel informou que na área da Segurança Pública, uma de suas bandeiras de luta como Vereador será a defesa da Guarda Municipal armada para que tenha efetividade. Quanto às demais reivindicações provenientes da população, ele disse que será um parceiro e prometeu se esforçar para honrar os votos que o elegeram, para que possa reverter o seu mandato em benefício da coletividade, bem como a confiança que lhe foi depositada pelos eleitores.
Jardel Guimarães, que também é delegado da Polícia Civil, lembrou que este ano, atendendo a uma mensagem do gestor do Município, a Câmara aprovou a Guarda Municipal desarmada, que se efetivada será ineficaz diante da violência que afeta a sociedade. “Uma Guarda Municipal armada será mais eficientes e estará mais preparada para combater a violência e restabelecer a ordem”, disse Jardel Guimarães.
Guimarães tem ciência de que a Constituição Federal responsabiliza os estados a garantirem a segurança do cidadão, mas, segundo ele, a doutrina moderna diverge e afirma que os municípios também devem se responsabilizar por uma parcela dessa segurança. Por isso, o Vereador eleito disse que defende uma Guarda Municipal armada, caso contrário, será uma guarda decorativa, ou seja, não contribuirá com a segurança pública do Município.
Para finalizar, Jardel disse que Santarém está na transição de uma cidade de pequeno para médio porte e junto com esse crescimento vem outras mazelas, como a criminalidade. “Avançam principalmente, os crimes contra o patrimônio, o que deixa a população extremamente vulnerável”. Para Jardel, com essa constatação, dos entes públicos é exigido que exerçam suas funções de forma mais atenta à área da segurança pública, bem como aos programas sociais de prevenção à violência, para que o Vereador contribua com a sociedade de maneira efetiva.
CÂMARA APROVOU PROJETO DE LEI QUE INSTITUI A GUARDA MUNICIPAL: Em abril deste ano, a Câmara de Vereadores de Santarém aprovou o projeto de lei que institui a criação da Guarda Municipal. Na ocasião, a proposta seguiu agora para a sanção do prefeito Alexandre Von. A proposta, de autoria do Poder Executivo visa garantir segurança aos órgãos, entidades, agentes, usuários, serviços, ao patrimônio do município e também contribuirá na fiscalização do trânsito.
O projeto consta que Santarém vai contar com o trabalho de um diretor, dois inspetores e 50 guardas municipais. Os cargos serão preenchidos por meio de concurso público, e depois que os aprovados forem selecionados eles ainda passarão por treinamentos com a intenção de reforçar a segurança pública.
Em maio deste ano, o prefeito Alexandre Von sancionou a lei que institui a Guarda Municipal de Santarém. Na ocasião, o Prefeito falou que o próximo passo seria a publicação do edital para realização do concurso público para a seleção desses guardas municipais. Os aprovados passariam por um processo de capacitação. Porém, a te a presente data o concurso para preenchimento dessas vagas não foi realizado.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.