Vereador cobra segurança pública no planalto

sexta-feira, novembro 11, 2016 0 Comments


Vereador cobra segurança pública no planalto
O vereador Ney Santana (PSDB), em pronunciamento na tribuna, cobrou segurança publica, para o planalto santareno, principalmente em localidades da região da rodovia Curuá-Una.  
 Informou o vereador que esteve em várias comunidades, acompanhando o coronel Carlos, comandante do 3º Batalhão de Policia Militar, que no ultimo final de semana, reuniu com lideranças de várias localidades, na comunidade de Jacamim. Onde segundo Ney os comunitários  relataram a situação que estão vivendo, com vários assaltos e até mortes. “o que leva a população daquela região, viver uma preocupação constante, com relação a falta de segurança pública”, lamenta.
O vereador aproveitou o espaço da tribuna, para parabenizar o coronel o coronel Carlos, pela iniciativa de ter ido ouvir as lideranças comunitárias, para que, segundo ele, as pessoas possam ter mais tranquilidade e segurança na região. Segundo Ney Santana, além do empenho do coronel, ela também vai ligar para a Secretaria de Segurança do Estado, para que a policia militar  em Santarém, tenha sua cota de combustível aumentada e possa dar atendimento diuturnamente nas  comunidades da região de Curuá-Una.
Com relação a rodovia translago, Ney Santana disse que já feita a licitação de melhoramento de mais  32 quilômetros de melhoramentos na referida rodovia, para que possa se tornar totalmente transitável, o que segundo ele, garante o direito de ir e vir das pessoas, que se não fosse assim estariam ilhadas.
Sobre a escola São Raimundo Nonato, sediada em Santarém, que de acordo com Ney Santana, vai continuar funcionando normalmente, ao contrário do que vinha sendo informado de que poderia ser retirado o ensino médio.
O vereador disse que isso não é verdade, o que pode ocorrer segundo ele é da escola ficar sem o primeiro ano do ensino médio, por não ter o estabelecimento de ensino, o 9º ano.Porém, segundo Ney, o diretor da 5ª Unidade Regional de Ensino, Dirceu Amoedo, já esta trabalhando junto a direção da escola São Raimundo Nonato, para que o primeiro ano não seja retirado do estabelecimento de ensino.”Dando oportunidade para os alunos continuarem estudando com empenho e tendo uma boa educação”, enfatiza Ney Santana.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.