Residencial Salvação enfrenta dificuldades com contas de luz e água

terça-feira, janeiro 17, 2017 0 Comments

Parte das casas não tem recebido os talões desde que o lugar foi ocupado.

Outros moradores reclamam de valores abusivos cobrados.

As contas de água e de luz estão causando transtornos para que mora no Residencial Salvação em Santarém, oeste do Pará. Parte das casas não tem recebido os talões desde que o lugar foi ocupado e os que chegaram estão vindo com um valor cobrado muito acima do consumo. Muitos estão com medo de receber os boletos de uma só vez e compromoter o orçamento familiar.
Lucila Cardoso é deficiente visual e mora sozinha. Sempre procura economizar no consumo de energia ligando o ventilador somente pela parte da noite. Mesmo com tantos cuidados, ela recebeu um alto valor na hora de pagar, que passou dos trezentos reais. “Veio muito caro. Trezentos e trinta e um reais é um absurdo porque sou uma deficiente visual. Não ligo as lâmpadas, somente um ventilador e frigobar e algumas vezes a televisão. Tirar esse valor de um salário mínimo para pagar uma energia alta deste jeito, que sou apenas eu”, declara a moradora.
Enquanto alguns moradores estão preocupados com o valor da conta de energia elétrica, outros estão com medo de também ter prejuízos com o atraso na conta de agua, já que os boletos não têm chegado nas casas. “Nunca veio talão de luz e nem de água, vou fazer quatro meses que estou aqui. Já fui na estação cidadania para tentar resolver minha situação e eles me falaram que iam resolver, me ligar e nem sinal. Na Celpa foi do mesmo jeito”, ressalta a universitária Nazaré Ribeiro.
Residencial Salvação do Minha Casa Minha Vida em Santarém, PA (Foto: Adonias Silva/G1)Moradores estão preocupados com os boletos das contas de água e energia que não tem chegado

Com relação a questão o Vereador ALYSSON PONTES, estará dando entrada em uma proposição solicitando uma SESSÃO ESPECIAL PARA DISCUTIR O ASSUNTO com representantes da Associação de Moradores do Residencial Salvação, Representantes do Ministério Público, COSANPA  e CELPA.


José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.