VEREADOR ABUSADO ( Ele não me disse o nome...)


Um senhor me procurou revoltado com um Vereador de Santarém, que estava no Banco do Brasil e chateado porque estava na fila. Indignado, saiu da fila e foi até o caixa e olhando para a funcionária do banco disse: A senhora me conhece? Perguntou o Vereador.
Funcionária: Não.
Vereador: Apresentou sua identidade e disse: Leia meu nome.
Funcionária: já li. O senhor é Vereador? Nunca ouvi falar no seu nome.
Vereador: Sou Vereador, tenho preferência na fila.
Funcionária: O senhor pode apresentar a lei que determina?
Vereador: Não tenho no momento.
Funcionária: Então, fique na fila. Aqui Vereador é igual aos outros.
O Vereador ficou todo enrolado e foi obrigado a esperar sua vez escutando xaveco dos usuários. Que coisa feia, Vereador!