Dayan desaprova ideia de aplicação de teste a candidatos à direção de escolas

terça-feira, maio 23, 2017 0 Comments

Dayan desaprova ideia de aplicação de teste a candidatos à direção de escolas

  O segundo vice-presidente da Mesa Diretora usou o tempo de bancada, na sessão desta segunda-feira, 22/05, para falar da Lei de Gestão Democrática nas Escolas da Rede Municipal de Ensino. Ele apontou que a matéria precisa ser revista pelo plenário.

Serique ressaltou que a lei não pode ser entendida apenas para o fim de eleger diretores para as escolas, mas estar focada na garantia de um ensino de qualidade para a obtenção de resultados como boa avaliação no Índice de Desempenho da Educação Básica (IDEB) aplicado pelo Governo Federal por meio do Ministério da Educação (MEC). Para isso, segundo o vereador, os professores têm de ser ouvidos.
O parlamentar indicou também o ponto da reeleição de um gestor. Ele observou, por meio de exemplo, que se um diretor estiver realizando um bom trabalho à frente de um educandário com uma avaliação positiva, seria justa a reeleição dessa gestão.
Dayan ainda contestou uma proposta que teria sido aventada pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED), em que se propunha a aplicação de prova escrita aos candidatos a gestor. O vereador disse que não seria adequado o teste, tendo em vista a formação superior dos postulantes, sugerindo, por outro lado, que se o for feito, poderia ser prova de títulos, mas que a proposta deva ser discutida pela pasta com a categoria dos educadores.
Assessoria do Vereador

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.