Jardel lastima crise na política nacional, e se diz a favor de eleição indireta

terça-feira, maio 23, 2017 0 Comments

Jardel lastima crise na política nacional, e se diz a favor de eleição indireta

  O parlamentar subiu à tribuna da Câmara, na sessão desta segunda-feira, 22/05, para mostrar a indignação com os fatos ocorridos na política nacional, que têm ganhado repercussão no país e internacionalmente. Jardel se referiu às informações da delação premiada de Joesley Batista, dono da JBS, em que o presidente da República Michel Temer é o principal alvo, sob a acusação de ter sido conivente com o empresário em crimes contra a aplicação da lei, ao que o vereador afirmou ser o motivo para um aprofundamento da crise política e institucional pela que passa o Brasil.

Jardel Guimarães citou ainda os pronunciamentos do Chefe do Executivo Federal após a divulgação da existência (primeiro discurso) e da reprodução do áudio (segundo) produzido pelo próprio empresário e entregue à Procuradoria Geral da República (PGR). Segundo o vereador, o presidente tentou justificar o que seria injustificável. Ainda sobre o tema, o parlamentar apontou que é favorável à realização de eleições indiretas, quando o próprio Congresso Nacional elege um presidente, caso Temer seja impedido, mas ressalvou que uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) poderia abrir uma eleição direta.
O vereador finalizou o discurso parabenizando o Sistema Tapajós de Comunicação pela passagem de mais um ano de aniversário (38 anos), que deve ser comemorado no próximo dia 26 de maio/2017. Ele enalteceu a empresa, que é afiliada do Grupo Globo, pelos serviços prestados à população da região Oeste do Pará.
 ASCOM/CÂMARA

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.