O Hospital Municipal de Santarém - um péssimo exemplo de saúde!

quarta-feira, maio 24, 2017 0 Comments


Confusão, pessoas aguardando atendimento nos corredores e muita espera. Essa é a realidade para o paciente que precisa usar o Hospital Municipal/Pronto Socorro de Santarém.
Poucos momentos que ali passei, ouvir relatos dos usuários, também testemunhei situações que demonstram que a saúde do hospital não anda muito bem. Se é que podemos chamar aquilo ali de unidade de atendimento. Mais parece um depósito de gente...esperando a morte chegar!
O que mais chamou a atenção foi à quantidade de pessoas que ficam em macas enfileiradas no corredor de todos os setores naquele antro de bactéria. O vai e vem dos poucos médicos, enfermeiros e pessoas que aguardam atendimento acaba atrapalhando o paciente que tenta se recuperar numa maca enferrujada e sem nenhum conforto, mesmo que esteja no corredor do hospital.
“Aqui sempre foi assim. A gente espera muito para ser atendido”, dizia um cidadão, que há horas esperava atendimento. Faço esse desabafo, porque sentir na pele a grave e sofrível situação por qual passa o Pronto Socorro Municipal. Meu cunhado sofreu um gravíssimo acidente de moto, ontem às 17:30hs, sofreu e ainda sofre as consequências da longa espera e dos desmando ali existentes, foi atendido devido pela insistência de terceiro. Pasmem! Dormiu em uma cadeira, sentindo dor da fratura no antebraço e maxilar quebrado... AH! Minha sogra, que o acompanhava, mesmo com saúde, sofreu o desamparo, o descaso e a falta total da infraestrutura hospitalar.
Realmente a situação do hospital municipal é alarmante. Será que o Gestor Municipal sabe disso? Há também os problemas de ordem física na estrutura do prédio que abriga o hospital. Algumas cadeiras da área de espera estavam sujas, há muitas paredes sujas, chão sujo, banheiros sem qualquer higiene, sem falar na ignorância de alguns funcionários. Questiono aqui a administração do municipal, para que pudesse explicar se há um plano para a Saúde na cidade e dessa forma melhorar o atendimento prestado pelo Hospital Municipal.
Senhor Secretário, ou a quem interessar possa, será que é do conhecimento de vossa senhoria que os corredores estão superlotados, faltam insumos básicos, os pacientes são como coisas, sem a atenção adequada, servidores municipais trabalham em condições adversas, com muitos deles ignorantes a toda prova. Falta sabão, papel higiênico nos banheiros, roupas de cama e roupa para os doentes. Os ambientes não são limpos ou higienizados, fato grave que poderá fazer com que prolifere infecção hospitalar, que, aliás, ali não é novidade. Enfim, secretário! Será que podemos chamar o PSM de Unidade Hospitalar, ou oferecer uma nova nomenclatura como, por exemplo: depósito de bactérias, matadouro ou... deixa pra lá.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.