Alunos da Ufopa e indígenas fecham BR 163 em protesto contra sojicultores

quinta-feira, junho 08, 2017 0 Comments

Um grupo de acadêmicos da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e índios interditaram a rodovia BR-163, no trecho urbano de Santarém, por volta de 9h30, desta quarta-feira, 7 de junho.
Em um abraço simbólico e portando faixas e cartazes, os estudantes e indígenas protestaram contra o avanço do agronegócio na região oeste do Pará. Durante o protesto, os estudantes denominaram os sojicultores de ‘destruidores da Amazônia’.
Segundo Tamires Lopes, estudante da Ufopa, o verdadeiro motivo do protesto é acabar com a demarcação incontrolada dos territórios, principalmente na região do planalto, que está sendo feita pelos sojeiros.
Duas gigantescas filas de veiculos se formaram tanto no sentido centro/planalto quanto em direção ao Porto da Cargill. Quinze minutos depois, por meio de intermediação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes liberaram o tráfego na rodovia Santarém-Cuiabá.

Os manifestantes também reivindicaram a saída do presidente Michel Temer (PMDB). Eles protestaram também contra a construção de portos no Lago do Maicá.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.