Hemocentro do Oeste conta com a população para reforçar a campanha de carnaval

segunda-feira, janeiro 15, 2018 0 Comments


A proximidade do período carnavalesco faz aumentar a preocupação dos hemocentros do País com a demanda por transfusões nas redes pública e privada de saúde, que segue na contramão dos comparecimentos voluntários aos postos de doação de sangue nesse período. Como os demais núcleos da rede nacional, o Hemocentro Regional do Oeste do Pará, com sede em Santarém, conta com a colaboração da população para aumentar o estoque estratégico de sangue. Por isso, na semana que antecede o carnaval, a unidade estará mobilizada em torno da campanha  de doação lançada estrategicamente para reverter os índices decrescentes que se registram em fevereiro.
“A campanha do carnaval é estratégica e mobiliza toda a hemorede estadual. As unidades estarão a postos para a coleta de bolsas no período de 05 a 09 de fevereiro, das 7h às 12h30. É uma campanha, inclusive, pela qual muitos doadores já aguardam. Eles sabem que sempre acontece uma semana antes do carnaval”, explica a assistente social Anaídes Silva.
Esta é a primeira campanha externa realizada pela Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) este ano. Em Santarém, o Hospital Regional do Baixo Amazonas estabeleceu parceria com a unidade local do Hemopa para reforçar a campanha. Na quarta (10) e quinta-feira (11), a direção do HRBA promoveu uma ação nas suas dependências para aumentar o estoque de bolsas de sangue. “Tivemos a grata ajuda do Hospital Regional, que mobilizou seus pacientes e colaboradores para reforçar o nosso estoque técnico. Ao longo de quatro horas foram coletadas 84 bolsas, um resultado muito bom que colaborou para que atingíssemos nossa meta”, informou Anaides.
Estoque – Atualmente, a unidade do oeste do Pará vem trabalhando com um estoque abaixo do que é considerado regular para atender Santarém e mais 17 municípios da região. A assistente social informa que o hemocentro regional precisa de uma quantidade que varia entre 600 e 650 bolsas mensais para atender a demanda.
“A gente entende que todo final e início de ano há uma queda acentuada das coletas nos hemocentros de uma forma geral, por isso sempre vamos em busca de parcerias para que possamos equilibrar o estoque. Nesse ponto, contamos com a ajuda sempre bem vinda da imprensa para informar e conscientizar os cidadãos sobre a importância das doações”, argumenta Anaídes.
Serviço: Para doar sangue basta procurar o Hemocentro Regional em Santarém, que funciona na Avenida Frei Vicente, nº 628, bairro Aeroporto Velho, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. O doador precisa ter entre 16 e 69 anos, pesar acima de 50 kg, estar bem alimentado e apresentar documento original com foto. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de pais ou responsáveis legais para assinar um termo de consentimento. A coordenação do Hemopa reitera que todas as informações são repassadas a fim de esclarecer dúvidas e questionamentos a quem vai doar sangue pela primeira vez.
Fonte: RG 15/O Impacto e Agência Pará

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.