IBAMA SEM PODER

sexta-feira, janeiro 26, 2018 0 Comments


Uma advogada de uma empresa tenta fazer um parcelamento de um débito junto ao IBAMA SANTARÉM, ocorre que este órgão informou que não é possível, pois tem dois meses que não tem poderes para efetuar os parcelamentos, sendo que foi transferida tal atribuição ao IBAMA BELÉM. No entanto, o IBAMA SANTARÉM orienta que deve ser protocolado em Belém, para que esta possa concluir o procedimento do parcelamento.

Ao entrar em contato com BELÉM, a empresa teve uma surpresa, quando foi informada que há uma briga entre o Superintendente de BELÉM e a gerente em SANTARÉM e que seu parcelamento não seria realizado. Segundo informação, a briga ocorre em razão de haver duas portarias que divergem a ordem quanto ao parcelamento, e que não poderia efetuar os parcelamentos de Santarém à distância. E que os procedimentos de parcelamentos que SANTARÉM encaminha a BELÉM não são processados.

A empresa foi informada, ainda, que para fazer o parcelamento em BELÉM o contribuinte deve estar presente, ou enviar um procurador. No caso das empresas que têm sede em Santarém, essas estão impossibilitadas de fazer o parcelamento, e ainda de conhecer qual o valor do seu débito, posto que essa informação é negada sob o argumento de que existem portarias. As empresas em Santarém estão prejudicadas, com inscrições em dívida ativa, e ainda inscritas no CADIN, ficando bloqueadas para fazer qualquer transação bancária, participar de licitação, emitir certidão negativa de débitos entre outros.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.