PEDOFILIA EM SANTARÉM

sexta-feira, janeiro 26, 2018 0 Comments

Na quarta-feira (24), a PF realizou a prisão de dois homens suspeitos de armazenarem e compartilharem material pornográfico de crianças e adolescentes. O importante serviço prestado pela dedicada instituição poderia ser fortalecido com a divulgação dos nomes dos presos, bem como a divulgação das fotos dos mesmos. Sabemos que a alegação de que o processo corre em segredo de Justiça deve ter sua relevância, porém, restringir tal divulgação, pode impossibilitar, por exemplo, que os presos, caso tenham praticados outros crimes, sejam reconhecidos pelas vítimas.

Está intrínseco o interesse público na divulgação. Cito por exemplo, guardados suas proporções, a do mototaxista preso por estupro de uma adolescente, que ao ter sua foto divulgada na imprensa, pelo menos cinco outras vítimas procuraram a Polícia. E assim, são inúmeros os exemplos que poderíamos citar. Trata-se de uma relação frequente nos fatos destes tipos de crimes.

O que não pode é se utilizar de dois pesos e duas medidas. Nossa coluna apurou que um dos presos é de família bastante influente na cidade. Não queremos acreditar que em hipótese alguma, seja por esse fato que nem os nomes foram divulgados.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.