PROFESSORES LEIGOS


Durante a prestação de contas dos 100 dias de gestão à frente da reitoria da Ufopa, feita pelo professor Hugo Diniz, durante sessão na Câmara Municipal de Santarém na segunda-feira (06), a vereadora Maria José Maia, que também é professora, pediu que fosse dada atenção a docentes “leigos” da Rede Municipal de Ensino. Maria José pontuou que considera inaceitável que “em pleno século XXI”, professores estejam na sala de aula sem uma formação adequada. Segundo ela, quando um professor de Pedagogia trabalha com História e Geografia, este se torna leigo, daí a necessidade da graduação específica. Também sobre educação, a Vereadora anunciou que iniciou uma semana dedicada ao estudante com debates envolvendo o Ministério Público e a SEMED. Temáticas como drogas serão discutidas em educandários municipais.