Mural do Povo

quarta-feira, março 02, 2016 0 Comments

Aqui você tem vez e voz!


CabecalhoMuralJPG
(Clarice)
“Basta chover pra situação de infraestrutura da Grande Prainha ficar precária. Com essa chuva que começou ontem a noite a grande maioria das ruas estão intransitáveis. Há buracos e lama por toda parte. Eu não consigo imaginar o motivo da prefeitura não mandar sequer uma máquina para fazer um pequeno reparo em uma rua daqui. Prefeito, ao invés de está se articulando para concorrer a reeleição venha fazer primeiro alguma coisa aqui na Prainha!”
(José Odair)
“Parece que as fiscalizações não estão surtindo efeito. Quando mais se fiscaliza nas praias de Belterra, maior é a incidência de motoristas que insistem em trafegar nas praias de Pindobal, Cajutuba e Aramanaí. Falta consciência para essas pessoas. O que adianta a fiscalização se esses motoristas voltam a praticar os mesmos atos de degradação ambiental? Onde está a capacidade intelectual dessas pessoas? Queremos nossas praias limpas e prontas para a prática de lazer”.
[ Breno ]
XOgJrEK7“Donos da Rua ! Todos os dias é a mesma coisa. Quem precisa passar na Barão do Rio Branco tem que ficar esperando os carros, que interropem a mobilidade por causa da entrada dos alunos. O colégio Santa Clara e a SMT tem que fazer alguma coisa para ajudar a melhorar e organizar o fluxo de veículos em frente ao colégio. Aliás, já passou da hora!”
[ João ]
kKas5VdW
“Parece bricandeira, mais a questão de entulhos e lixo nas calçadas parece uma novela mexicana. O pobre do pedestre é que tem que fazer marabalismo caso queira chegar ao seu destino. Na imagem da foto, o lixo foi depositado na calçada da avenida Presidente Vargas, próximo a esquina com Agripino de Matos. Como verdadeiro atléta, o pedestre tem que fazer uma corrida com barreiras.”
(Benedito)
“Não consigo entender o motivo do abandono da Praça do Mirante, nessa atual gestão. Na época da prefeita Maria do Carmo até vigilante tinha na Praça. Hoje, o que a gente percebe é o abandono. Bancos em má estado de conservação e muito lixo. No período noturno o local se transformou em ponto de encontro de consumidores de drogas dos mais variados tipos. São desocupados que tiram o sossego e a tranquilidade das famílias que vão ao local em busca de lazer. Só quero saber o seguinte: até quando o abandono da Praça do Mirante vai continuar?

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.