Hospital Regional de Santarém alerta para prevenção do câncer

segunda-feira, abril 11, 2016 0 Comments

Atualmente, 1.060 pacientes oncológicos estão sendo tratados no HRBA


Palestra ministrada por profissionais de saúde
Palestra ministrada por profissionais de saúde
O Dia Mundial de Combate ao Câncer, lembrado na última sexta-feira, 08/04, serve para reforçar a importância da prevenção e diagnóstico precoce da doença, que representa a segunda maior causa de mortes no Brasil. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o país deve ter quase 600 mil novos casos até o final de 2017. Atualmente, 1.060 pacientes oncológicos estão sendo tratados no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA).
O motorista Virgílio do Nascimento, de 58 anos, está internado há uma semana na unidade. Ele, que é de Itaituba, Oeste do Pará, está em fase de diagnóstico. “É uma coisa que a gente fica de orelha em pé, querendo saber o que tem. Por isso digo que é importante se prevenir, porque quanto antes, melhor”, conta Nascimento.
Um dos objetivos da data é, também, quebrar o estereótipo de que a pessoa com câncer não tem chance de cura. “O diagnóstico precoce do câncer faz com que o paciente tenha a possibilidade de chegar a cura sem passar por todos os estágios de sofrimento psicológico e físico que uma doença avançada poderia levar”, explica o coordenador da Oncologia do HRBA, médico Marcos Fortes. E a cancerologista Kalysta Borges reforça a importância da detecção precoce. “Hoje, quando detectado precocemente, a maioria dos tumores, são curáveis. Isso faz ainda mais que a gente necessite dessas campanhas de alerta”, diz.
Maria Maciel, de 46 anos, está em tratamento de câncer de útero há três anos. Ela já passou por todos os processos, realizando sessões de quimioterapia e radioterapia, além de procedimentos cirúrgicos. “Foi muito bom poder ser tratada aqui em Santarém, neste hospital”, diz Maria, que é de Curuá, Oeste do Pará. Fala que é completada por Virgílio do Nascimento: “este hospital ajuda muita gente aqui da região”.
Os tipos de câncer mais comuns entre mulheres em tratamento no HRBA, são: colo de útero (35%), mama (26%) e pele (14%). Em homens, os mais comuns são: próstata (28%), pele (25%) e estômago (15%). O HRBA realizou, em 2015, cerca de 7.900 sessões de quimioterapia, 27 mil sessões de radioterapia e 12.400 consultas oncológicas.
Programação
Durante todo o mês, o Hospital Regional vai realizar programação sobre o câncer. A equipe da Oncologia do HRBA iniciou um ciclo de palestras sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer, nesta sexta-feira, 08/04. Ao longo da próxima semana, vários setores do hospital vão ser percorridos para que o mesmo conteúdo seja repassado.
No dia 22/04, os moradores do bairro Maicá vão receber ação social que vai contar com palestras e consultas médicas. No dia seguinte, 23/04, haverá uma panfletagem na orla, com material informativo sobre o câncer.
O hospital
Gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o HRBA é uma unidade pública e gratuita pertencente ao Governo do Estado.
O HRBA é o primeiro hospital público da região Norte do país a obter o certificado máximo de qualidade, a ONA 3 – Acreditado com Excelência, concedido mediante o cumprimento das melhores práticas hospitalares e de qualidade assistencial.
Fonte: RG 15/O Impacto e Joab Ferreira

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.