Alerta! - Trecho do cais de arrimo ameaça desabar em Santarém

terça-feira, maio 03, 2016 0 Comments

Um enorme buraco se formou no trecho em frente à Feira do Pescado e pode desabar


Buraco no cais ameaça vidas de pessoas
Buraco no cais ameaça vidas de pessoas
Uma obra que foi feita no governo militar e que perdura até os dias de hoje, ou seja, há mais de 40 anos, o cais de arrimo de Santarém está com sua estrutura comprometida em alguns trechos, colocando em perigo a vida de muitas pessoas, que usam aquele local (em toda sua dimensão, que vai do Mercado Municipal até o Bosque da Vera Paz) para suas labutas (trabalho, viagens e outros afazeres, além da prática de caminhadas no começo da manhã e nos fins de tarde).
Nossa reportagem flagrou na manhã desta segunda-feira, dia 02 de maio, um trecho que pode desabar a qualquer momento, principalmente nesta época do ano, de constantes chuvas e quando os rios Amazonas e Tapajós estão enchendo. Um enorme buraco se formou na estrutura do cais, em frente à Feira do Pescado, às proximidades do Mercadão 2000. O buraco é grande e muita gente corre perigo, principalmente as pessoas que procuram a Feira do Pescado para comprar peixes e também os trabalhadores do local.
Nossas autoridades devem entrar em ação com urgência, para tentar solucionar esse problema e assim evitar que vidas humanas sejam ceifadas. O exemplo mais recente foi a Ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, que uma parte da estrutura caiu com a força das ondas do mar e várias pessoas morreram, devido o serviço mal feito pela empresa responsável pela obra, que usou material de péssima qualidade. Diferente das obras do tempo do governo militar, que eram feitas com boa qualidade e que duram até os dias de hoje, tendo como referências aqui em Santarém o próprio cais de arrimo, a hidrelétrica de Curuá-Una, aeroporto Maria José (na época), parte da BR 163 e outras obras.
O Ministério Público; Prefeitura, Defesa Civil do Município e do Estado e outros órgãos ligados à segurança pública precisam agir com rapidez e,pelo menos, interditar aquele local.
Fonte: RG 15/O Impacto

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.