HEMOPA SEM SANGUE


A informação de que o Banco de sangue do Hemopa Santarém não possui material suficiente para transfusões, foi dada à coluna, por Maurício Tapajós, um dos coordenadores da instituição. “Na verdade, quase todos os tipos de sangue estão em falta, principalmente os tipos raros: O e B negativos. Quase todos os dias têm acidentes de trânsito em Santarém, isso é fato, não podemos fugir da realidade, principalmente envolvendo motos em número muito alto. Mas independente de todos esses fatores, temos que atender aos demais problemas que ocorrem na saúde pública”, disse o técnico. Um dos fatores que também sobrecarregam e faz com que o estoque de sangue seja insuficiente, é que o Município atende através do hemocentro de Santarém todos os 18 municípios que compõe a região Oeste do Pará. “O Hemopa de Santarém precisa estar preparado para fazer esse atendimento”, disse Tapajós.