Leão e Pantera vencem seus adversários pelo Brasileiro da Série D

segunda-feira, junho 20, 2016 0 Comments

Atacante Aleilson foi o nome do jogo, ao marcar dois gols na vitória do São Francisco, no Colosso do Tapajós



Atacante Aleilson foi o nome do jogo
Atacante Aleilson foi o nome do jogo
O São Francisco não jogava com o apoio de sua torcida desde a conquista da Taça Estado do Pará, ainda no Parazão. O reencontro no Colosso do Tapajós foi no domingo (19) quando o Leão recebeu o Princesa do Solimões pela segunda rodada da Série D do Brasileirão. Com gols de Juninho, Aleilson e Jefferson, o São Francisco venceu e pulou para segunda colocação do grupo A2.
O jogo foi bastante disputado, com boas oportunidades de gols para as duas equipes. No primeiro tempo quem estava se sentindo em casa era o Princesa que chegava com perigo e só não abriu o placar graças à bela atuação do zagueiro Perema e do goleiro Alencar Baú. O visitante mostrava qualidade no esquema tático adotado pela comissão técnica, os jogadores se distribuíram bem em campo e evitaram não só o progresso do time da casa como avançaram nas jogadas de contra-ataque.
No segundo tempo o São Francisco “acordou para a vida” e mostrou para o Princesa que o Colosso não era a casa da mãe Joana e que o Leão que é o rei da Amazônia. Logo aos 4 minutos, o artilheiro Aleilson ampliou para o time da casa. Depois o São Francisco buscava administrar o resultado, trabalhando a posse de bola.
Aos 11 minutos Aleilson sofreu pênalti e mesmo com a oportunidade de marcar e se isolar na artilharia, o atacante preferiu retribuir a gentileza de Jefferson, que serviu de bandeja a bola para ele marcar o gol anterior. Jefferson converteu e marcou o terceiro do Leão contra o Princesa e o seu primeiro no retorno ao clube que o revelou.
Agora o São Francisco, segundo colocado, se prepara para um próximo compromisso em casa, desta vez contra o Baré. Já o Princesa do Solimões, lanterna do A2, vai até o Tocantins, enfrentar o líder do grupo, Palmas.
São Raimundo conquistou uma importante vitória fora de casa
São Raimundo conquistou uma importante vitória fora de casa
SÃO RAIMUNDO VENCE NO ACRE E LIDERA SEU GRUPO: Mesmo jogando fora de casa, o São Raimundo-PA não deu chances ao Rio Branco-AC e manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro da Série D. Na Arena da Floresta, na capital do Acre, o Pantera bateu o Estrelão por 2 a 0, no início da noite de domingo (19), pela segunda rodada do grupo A3 da quarta divisão nacional. Os gols da vitória foram marcados na etapa inicial por Tiago e Wendel.
O resultado deixa o São Raimundo-PA na liderança do grupo com seis pontos e 100% de aproveitamento. O Rio Branco é o lanterna da chave, sem pontos somados, com duas derrotas em dois jogos.
Os dois times voltam a jogar no próximo domingo (26). O São Raimundo-AP encara o Náutico-RR, na Vila Olímpica, em Boa Vista (RR), a partir das 17h (de Brasília). O Rio Branco joga novamente em casa, na Arena da Floresta, contra o Rondoniense, às 18h (de Brasília).
Resultado construído na primeira etapa
O Rio Branco entrou em campo com mudanças e alguns jogadores improvisados, opção do técnico Artur Oliveira para tentar conseguir a primeira vitória na Série D jogando em casa. No entanto, com muitas dificuldades de criação e troca de passes, o Estrelão pouco perigo ofereceu ao goleiro Evandro, do São Raimundo.
O time visitante, que foi para o Acre pensando em somar pelo menos um ponto, adotou uma postura de sair rápido nos contra-ataques, aproveitando os espaços deixados pelo Rio Branco somados aos erros de passe da equipe acreana. E a postura deu certo. Em 15 minutos, o Pantera definiu o placar.
Aos 24, Tiago aproveitou sobra na área do Rio Branco e finalizou cruzado para abrir o placar. Em vantagem, o São Raimundo se fechou mais ainda e o Rio Branco só tinha alguma chance em bolas paradas. E em um lance assim, Ley quase empatou, após cobrança de falta que passou muito perto do gol de Evandro, aos 34 minutos.
Enquanto o Estrelão tentava o empate, o São Raimundo deu o banho de água fria na reação, aos 39 minutos. Após jogada rápida de contra-ataque, Wendel invadiu a área acreana e chutou forte para ampliar a vantagem, que seguiu para o intervalo.
No segundo tempo, o São Raimundo não mudou a forma de jogar, enquanto o Rio Branco, no desespero, tentou diminuir o prejuízo. O Alvirrubro, no entanto, com muita dificuldade de furar a barreira defensiva do time paraense, novamente pouco perigo ofereceu.
A melhor chance foi em uma falta cobrada por Geovani, aos 40 minutos, que explodiu na trave de Evandro. Dois minutos depois, Tony Love quase fez o terceiro do São Raimundo, mas a finalização saiu fraca e ficou nas mãos de Babau. Nos minutos finais, o Rio Branco pressionou, pressionou e nada. O São Raimundo segurou o placar e volta para o Pará com mais três pontos na classificação e na liderança isolada do grupo.
Fonte: RG 15/O Impacto e G1

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.