Bocão Ed. 1113

sexta-feira, setembro 30, 2016 0 Comments


O JORNAL

Veja as notícias quentes do Bocão desta semana.

bocao-01RETORNO DE PITA PITÚ
Estou na Bahia na minha tenda, recebendo duas pessoas de Santarém do Pará. As duas vieram saber quem estava na frente na corrida pela Prefeitura. A bola mostra um Shrek desesperado, orientando sua equipe a baixar o nível da campanha contra o outro candidato. Do outro lado vejo um homem de branco que salva vidas, sendo alvo de mentiras e calúnias por pessoas comprometidas com o mal e fofocas, desejando coisas absurdas ao homem de branco.
RETORNO DE PITA PITÚ 2
Pelas campanhas limpas que estão fazendo, vejo uma mulher com coragem de uma leoa, conseguindo votos pela sua garra e pode surpreender. Vejo, um Sol brilhando e um jovem alegre e feliz com apoio de várias classes da sociedade conseguindo tirar votos dos preferidos. Vejo, também, outro dentro de um avião, promete não cobrar IPTU dos contribuintes, cujas ruas não receberem tratamento adequado. Resumindo, se todos os eleitores comparecerem nas urnas vai ter segundo turno, isso eu garanto.

bocao-02ALERTA SERVIDOR
Alertamos aos servidores municipais que se Alexandre voltar à Prefeitura, não receberão mais os salários no prazo legal. Ele está prometendo muitas obras para o caso de ser eleito. Se cumprir essas promessas não vai sobrar dinheiro para pagar os servidores. Se sem construir nada, os salários já atrasavam, se ganhar não vai pagar mesmo, já que promete encher a cidade de obras.
ALERTA SERVIDOR 2
O candidato Alexandre Von não pode usar as obras da Maria do Carmo que ele diz ser dele no programa político. Ele está no programa como candidato e não como Prefeito. Expor as obras construídas com recurso público em programa eleitoral de ordem pessoal é crime, já que ele nesse momento representa o candidato e não o Prefeito. Justiça Eleitoral, isso está correto?

bocao-03PESQUISA DO 45
Comenta-se no meio político que a pesquisa do Von foi realizada entre os assessores e a equipe de publicidade. Segundo comentários, essas pessoas votam em Belém. Perguntar não ofende: É verdade, Prefeito Alexandre? Se for verdade, que vergonha Von. Tem que analisar a credibilidade do responsável pela publicidade. Pesquisa eleitoral tem que acabar.

bocao-04IBAMA EM GUERRA
Recebi uma carta anônima que sugere ao Ministério Público Federal que faça as seguintes perguntas à gerente do IBAMA: Qual a ordem de fiscalização para o helicóptero estar naquele local? Qual o dano ambiental ali que existia, seja desmatamento ou garimpo ilegal, que justifique o sobrevoo com rasante naquele local? Quem assinou a ordem de fiscalização para aquela rota?Será que estavam no horário de expediente?
IBAMA EM GUERRA 2bocao-05
O MPF deverá abrir procedimento investigatório para ver o que aconteceu, já que o valor de R$ 6.000,00 a hora de helicóptero para estarem brincando, seja lá quem for, é um absurdo. Já que o dinheiro é público.

MPF E IBAMAbocao-06
O repórter Edmundo Baía foi convidado a comparecer no Ministério Público Federal e lá foi ouvido pela procuradora Fabiana Keylla Scheneider que demonstrou irritação e falta de interesse em apurar o ocorrido na operação, através do vídeo postado na TV Impacto. A Procuradora irritada fez uma comparação absurda quando assim se reportou: “…se qualquer informação que chegasse ao seu conhecimento seria publicada sem constatação. Por exemplo, hipoteticamente, se alguém afirmasse contra a mãe do declarante ser ela “vagabunda”, ele simplesmente publicaria?!”.
MPF E IBAMA 2
O repórter, diante do posicionamento descabido, questionou a real intenção da Procuradora. E observando que a sua presença ali não era
para contribuir com uma eventual apuração sobre o caso das denúncias estabelecidas na matéria, reservou-se ao direito de permanecer calado. Perguntar não ofende: Perguntamos ao Procurador-chefe: Será que está correto o procedimento da Procuradora, em iniciar a investigação pelo repórter? Se existe uma prova hábil e idônea, ou seja, o vídeo. Será que a Procuradora pode usar como exemplo a mãe do repórter com palavras que deixou o repórter constrangido?

bocao-07GOLPE NA SEFA
A Redação do Jornal recebeu uma denúncia de que a CAMILA NAVEGAÇÃO E TRANSPORTES LTDA, empresa fluvial que faz o trecho SANTARÉM/TAPARÁ/SANTARÉM, não está cumprindo o acordo firmado entre o Estado e o proprietário legítimo da terra de onde se faz o embarque e desembarque dos passageiros, pois o mesmo vem sofrendo retaliações e embaraços ao exercer seu direito de ir e vir gratuitamente no dito trecho. Inclusive fui informado, ainda, que o movimento de indivíduos é bem grande naquele local e que a aludida empresa não está recolhendo devidamente o ISS. Cadê a fiscalização? Será que só vão atrás das empresas corretas? Perguntar não ofende!
GOLPE NA SEFA 2
A SEFA deve mandar seus auditores fiscalizarem a empresa, para saber se tem conhecimento de frete e se estão emitindo, já que o movimento é grande e devido à falta de fiscalização, as mercadorias são transportadas sem recolher o ICMS e ISS e os impostos federais. A SEFA não deve se concentrar apenas no Cais do Porto e fiscalizar a empresa Camila Navegação para saber se estão ou não sonegando e acabar a dúvida das outras empresas que são fiscalizadas. O escritório está localizado na Avenida Curuá–Una, 550, Santarém, Pará, e porto na localidade de Santana do Tapará. Sugestão e dica apresentadas, agora é agir.

PESQUISAbocao-08
Os apaixonados pelo candidato Nélio dizem que a pesquisa do Alexandre foi elaborada dentro do escritório de seu marqueteiro. Os que precisam se manter na Prefeitura ganhando salários por não serem servidores, dizem que a pesquisa do Nélio foi elaborada por uma empresa que não possui credibilidade. Senhores eleitores, o que vale mais a pesquisa dos apaixonados ou a pesquisa dos que querem se manter no emprego?
Por: Emanuel Rocha

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.