Governo do Pará gastará R$ 39,6 milhões com propaganda em 2017

quarta-feira, janeiro 11, 2017 0 Comments



Shot 007
Se há uma coisa que não se verga à crise é a publicidade institucional. É através dela que todos os governos, sem exceção que se honre, exercem desavergonhada propaganda eleitoral extemporânea para promover o gestor de plantão.
Nessa seara o governo do Pará faz questão de extrapolar sempre, e mesmo com cortes anunciados e serviços públicos sofríveis, Simão Jatene prevê torrar R$ 39,6 milhões em propaganda, em 2017.
Mas não nos iludamos: sempre há um aditivo daqui e outro dacolá nesses contratos públicos e quando 2017 se finar é bom dar uma olhada no que foi executado e não será surpresa se a conta tiver subido
Até dezembro de 2015, o governo do Pará já havia liquidado, desde 2011, R$ 216 milhões em propaganda. Havia uma previsão de R$ 40 milhões para o ano de 2016, o que autoriza afirmar que, desde janeiro de 2011, quando assumiu o governo, Simão Jatene já gastou cerca de R$ 256 milhões com propaganda.
E com mais esses R$ 39,6 milhões previstos para 2017, se apenas nisso ficar, em sete anos a propaganda pura simples terá levado R$ 295,6 do bolso dos paraenses, o que vem a ser uma média de R$ 42,2 milhões por ano ou R$ 3,5 milhões por mês.
Fazer o que? Nesse contexto, a mentalidade do político brasileiro – e ele leva isso para a administração pública – é de um fordismo extremo. Foi Henry Ford quem disse que “se ele tivesse um único dólar, investiria em propaganda”.
A diferença aí é que o dólar era dele.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.