ZONA AZUL


“O estacionamento rotativo é a solução para o problema da área central do Município”, afirmou o presidente da Comissão de Transportes, Alaércio DrogaMil. Na terça-feira (25) aconteceu na Câmara, uma Sessão de Tribuna Livre que discutiu sobre o Projeto de Lei que trata a Implantação da Zona Azul em Santarém, que tem como objetivo principal ordenar o espaço público para o estacionamento rotativo, visto a grande movimentação e fluxo de veículos, ruas estreitas e poucas vagas para estacionamento em áreas do Município. A sessão contou com a presença do MPE; Conselho Municipal de Transporte; SMT, ACES e a sociedade em geral. Para Alaércio, a implantação da Zona Azul é uma pauta antiga na Casa e que agora é o momento de executa- lá.
O presidente da Câmara, Antônio Rocha (PMDB), enfatizou a importância da discussão para o Município. “A Câmara está exercendo o seu papel e contribui para a reorganização do trânsito. Isso estabelece a parceria do Legislativo com o Executivo em prol da população santarena”, avalia. O Vereador sugeriu que durante o processo de implantação da “Zona Azul”, a SMT analise ainda a situação dos trabalhadores informais, os flanelinhas, que sempre realizam a cobrança de taxas para estacionamento. “O estudo técnico não pode prejudicar a população. Minha sugestão é que levem em consideração quem atua como flanelinha no Centro Comercial”. Ainda sobre isso, Rocha enfatizou que o Executivo deve considerar que o País enfrenta uma grande crise financeira. “Santarém não tem indústrias, os empregos são poucos, e o País passa por uma crise. A economia da cidade precisa de um estudo correto para não prejudicar ninguém”. Quanto à tramitação do projeto na Casa, Rocha indicou que os devidos encaminhamentos deverão seguir em caráter de urgência para aprovação.