SINDICATO À MODA ANTIGA!


O Brasil convive com um sindicalismo que mantém os mesmos métodos de quando começou suas atividades na década de 40, sempre visando obter vantagens financeiras através de contribuições, taxas e benesses governamentais. A Justiça e o Ministério Público do Trabalho devem analisar melhor e com profundidade as causas coletivas que ingressam alguns sindicatos. Pelo jeito, os advogados estão visando honorários. Os empresários não devem aceitar!