SONEGAÇÃO E AGIOTAGEM


Um grande esquema de agiotagem e sonegação de imposto está sendo investigado pela Justiça. O caso envolve duas pessoas bem relacionadas em Santarém (advogado e empresário), que se uniram e compram imóveis por preços pequenos e depois vendem esses mesmos imóveis com valores exorbitantes. O crime cometido é que ao comprarem esses imóveis, essas pessoas não passam para seus nomes e depois vendem para outros, deixando de pagar impostos para a Prefeitura e para a Receita Federal. O lucro dessas pessoas é total.