Dayan Serique diz “Pretensos candidatos ao Governo devem investir mais em Santarém”

quarta-feira, junho 14, 2017 0 Comments

Na sessão da Câmara Municipal o vice-presidente da Casa, vereador Dayan Serique, PPS, no uso da tribuna, repercutiu a visita do Governador do Estado, Simão Jatene, em Santarém para a inauguração da Escola Tecnológica. Ele disse, que a obra é de grande importância para Santarém e os municípios próximos, e completou: “Acreditamos que investir em educação é justamente preparar o futuro de uma região, assim nós recebemos a escola técnica”.
Ainda no seu discurso, o parlamentar falou da visita do Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, em Santarém para a realizar a entrega dos kit humanitários, novo nome dado a já popularmente conhecida Cesta Básica, no valor de mais de R$ 2,5 milhões de reais. Isso foi feito a partir do decreto de Estado de Emergência do município para atender aos ribeirinhos. “No entanto, houveram comentários de que esses kit’s teriam chegado atrasados. Não chegou atrasado não, atrasado foi a obra do governo do estado, foram 10 anos de atraso. Isso sim é atraso, chega até ser uma “vergonha”. Mas já foi sanado, com a entrega da escola. Embora, uma geração tenha se perdido, que poderia ter sido qualificada há 10 anos” destacou Dayan Serique.
Continuando, o vereador Dayan Serique, desabafou “O certo é que os dois estiveram presentes em Santarém, porque está próximo das eleições, e os políticos passarão a lembrar cada vez mais de Santarém, pois antes das eleições ninguém lembra, não importa o partido”. E declarou ainda que, por causa das eleições, talvez sejam concluídas as obras do Estádio, o ginásio, a volta do helicóptero da segurança pública, etc. “Mas não vamos pensar que isso é compromisso, isso é jogo político” ratificou o vereador.
Ao encerrar, o edil sugeriu que “o próximo passo, é fazer com que os políticos se comprometam com Santarém, e como ninguém faz obra sem recurso, que comecem então a guardar dinheiro para construir o nosso pronto socorro estadual, e desafogue o do município, que tem feito papel do Estado na área da saúde, pois tem assumido a hemodiálise, que é de responsabilidade do Estado. A UPA, que tem seus recursos oriundos da União, Município e Estado, apenas o Estado não repassa o dinheiro, por isso o município acaba também assumindo mais esse custo.
O Governo diz que o Pará é um estado saneado, é claro, tem dinheiro guardado, pois não conclui obras, não paga o piso dos professores, então tem dinheiro em caixa. Então vamos cobrar mais desses pretensos candidatos a governador, seja quem for, para que não venham investir em Santarém apenas em época de eleição, de quatro em quatro anos” finalizou o vereador popular socialista.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.