PF deflagra operação no Pará contra fraudes de quase R$ 1 bi na floresta

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 4, a Operação Anhangá Arara contra fraudes de quase R$ 1 bilhão na floresta. A operação tem por objetivo a desarticulação de associação criminosa que coordenava a extração ilegalmente de madeiras nobres dentro da TI Cachoeira Seca.


Em nota, a PF informou que são cumpridos 27 mandados nas cidades de Uruará/PA, Placas/PA, Rurópolis/PA, Santarém/PA, Castelo dos Sonhos- Altamira/PA, Porto União/SC, Curitiba/PR e União da Vitória/PR.

Foram expedidos pela Justiça Federal de Altamira/PA 10 ordens de condução coercitiva, 11 mandados de sequestro de bens e valores, 6 mandados de busca e apreensão em empresas/casas pertencentes aos investigados e a suspensão das atividades empresariais das empresas envolvidas no esquema criminoso. Participam da operação aproximadamente 40 policiais federais.