O GOVERNO FEDERAL E O MASSACRE DO POVO


O Governo Federal autorizou o aumento das tarifas aeroportuárias dos aeroportos públicos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Os tetos das taxas de embarque, conexão de passageiros, pouso e permanência de aeronaves foram reajustados em 4,58%. Com o reajuste, a tarifa máxima de embarque doméstico, que é paga pelo passageiro, passa de R$ 29,00 para R$ 31,27. Já para o embarque internacional, o valor passa de R$ 115,64 para R$ 118,06. O valor inclui o adicional do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), que é de R$ 62,70. As novas tarifas passam a ser cobradas em 30 dias. Como se vê, esse tal de Presidente Temer está mesmo decidido a deixar o povo com o pires na mão. Aumenta gasolina, diesel, álcool, gás butano, remédios, energia, imposto, etc. mas, descaradamente não reajusta a tabela de retenção do Imposto de Renda, quiçá quer mesmo acabar seu governo com uma pecha de que martirizou o povo brasileiro, tal qual Lula e Dilma.