Prefeito reforça parceria com Banco da Amazônia que prevê investimento de R$ 64 milhões em Santarém

O prefeito de Santarém Nélio Aguiar assinou na tarde de segunda-feira, 23, Protocolo de Intenções junto ao Banco da Amazônia que prevê atuação compartilhada para o desenvolvimento sustentável do município. O prefeito recebeu em seu gabinete Luís Claudio Teixeira Sampaio, diretor Comercial, e Vanderlei José Oliveira Santos, superintendente do Banco no Oeste do Pará. O secretário municipal de Agricultura Bruno Castro acompanhou no prefeito. O documento assinado reforça a parceria já existente entre as duas instituições e prevê a disponibilização inicial de R$ 64 milhões, sendo R$ 46 milhões para aplicação com recurso do FNO e R$18 milhões na área do crédito comercial no município.
Para o gestor santareno, a injeção de recursos na economia ajuda a fomentar o desenvolvimento local e regional. “Recursos que vão dinamizar nossa economia e gerar emprego e renda. O município se coloca à disposição para fazer essa ponte com o pequeno empreendedor e com o grande também. Fazendo esse crédito chegar a todos os setores. Desde a agricultura familiar às grandes produções mecanizadas. Quem ganha é nossa população”, destacou o prefeito Nélio Aguiar.
O diretor comercial do Banco da Amazônia ressalta que os juros são os menores do mercado e que o momento é esse para os empreendedores buscarem crédito para investimento em seus negócios.
“Nós estamos disponibilizando recursos com juros abaixo do mercado, com carência e prazo bom para pagar. O cliente que está procurando o Banco para implantar seu projeto ou já tem sua empresa e quer ampliar o momento é esse que os juros estão caindo. Os projetos do Banco duram até 20 anos e a carência vai até 4 anos”, explicou Luis Sampaio.
As operações devem se enquadrar nos programas de financiamento operacionalizados pelo Banco da Amazônia, em conformidade com o Plano de Aplicação dos Recursos Financeiros, para os seguimentos rurais e não rurais. Serão beneficiários finais dos recursos disponibilizados os empreendedores que desenvolvem atividades nos setores produtivos, conforme programas específicos definidos pelo Banco da Amazônia e os programas prioritários do Governo Federal, do Governo do Estado e do Governo Municipal, em benefício da sociedade local.
O Protocolo de Intenções assegura que as ações serão estruturadas com apoio da prefeitura, fortalecendo os aglomerados econômicos, os arranjos produtivos e as cadeias produtivas locais, além de se promover a cultura do empreendedorismo consciente, por meio de negócios que gerem e distribuam renda, criem oportunidades de emprego e promovam a inclusão social.
O superintendente Vanderlei Santos informou que o Banco da Amazônia está presente em 30 municípios da região. São 10 agências e dois postos de atendimentos. “A gente faz um trabalho para aplicar esses recursos nos municípios polos e abrangentes. As parcerias como essa que foi assinada hoje são instrumentos para a aplicação. Queremos buscar o cliente e mostrar que temos condições de oferecer desde pequenos créditos a projetos maiores. Estamos presentes em 30 municípios da região oeste do Pará com 30 agências e dois postos de atendimentos”, informou o superintendente.
Fonte: RG 15/O Impacto e Agência Santarém de Notícias