Motores de lanchas escolares “desaparecem”, e Ney Santana pede solução à SEMED

Motores de lanchas escolares “desaparecem”, e Ney Santana pede solução à SEMED

O presidente municipal do PSDB usou a tribuna para repercutir uma denúncia feita em rede social sobre o possível desaparecimento de motores de lanchas escolares da SEMED, na Comunidade Arapemã. Segundo o vereador, os equipamentos custariam cerca de R$ 40.000,00 cada. Ele pediu providências da secretaria para que procure saber onde estariam esses motores.
A outra pauta de Santana foi um problema na ambulância de Vila de Piracoara, que estaria parada por falta de partida de freio, que custaria 165 reais, segundo o vereador, que se comprometeu até a enviar a peça para a comunidade, caso não seja feito pelo Governo. O tucano informou ainda que uma senhora de 85 anos teria vindo para Santarém em uma motocicleta por conta do problema.
O peessedebista não fugiu à polêmica da sessão de quarta-feira (13/06). Ele disse que ficou triste pelo ocorrido, e emendou com uma parábola sobre um barqueiro, um advogado e uma professora, que precisavam atravessar um rio. Os profissionais teriam perguntado ao tripulante, durante a viagem, coisas voltadas à formação escolar, humilhando-o, mas a embarcação foi a pique, e os dois “perderam a vida toda” por não saberem nadar.
O vereador reportou-se, então, ao colega de partido Jandeilson Pereira dizendo que o PSDB teria orgulho de tê-lo na legenda.