Deputados pedem que Cunha renuncie à presidência da Câmara

Por: Vera Magalhães 


Cunha: impassível diante de apelos
Cunha: impassível diante de apelos
Líderes de partidos governistas e de oposição usaram os microfones do plenário da Câmara na sessão desta noite para pedir que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renuncie à presidência da Casa, uma vez que a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal já votou a favor de abertura de ação penal contra ele.
Nesta quarta, o STF já formou maioria para tornar Cunha réu em ação no bojo da Lava Jato, para investigar se foi beneficiário de propina em contrato para compra de navios-sonda pela Petrobras.
Publicidade
Henrique Fontana (PT-RS) disse que Cunha é “amoral” e capaz de ouvir as acusações e ficar impassível.
De fato: Cunha ignorou os apelos e manteve a condução das votações de medidas provisórias na Casa.