POVO RECLAMA...

(Nazaré Fonseca – bairro do Santarenzinho)
“A onda de violência está muito grande no bairro do Santarenzinho. Somente nesta semana um homem foi morto a tiros, uma mulher foi baleada e duas mulheres foram presas suspeitas de tráfico de drogas. Isso é só uma pontinha do que está acontecendo aqui no bairro. Se dia a situação de violência é crítica, a noite se torna caótica. São homens disputando pontos de vendas de drogas. A gente observa pessoas circulando livremente pelas ruas com armas de fogo e facas nas mãos. Os assaltos são constantes. Os estudantes têm receio de ir às escolas. A dona de casa tem medo de ir a padaria comprar pão. Por conta disso pedimos as autoridades, as igrejas e a própria sociedade que intercedam pelas famílias de bem, que moram no Santarenzinho. Nós não podemos ficar reféns da bandidagem!”