TODO CUIDADO É POUCO

sexta-feira, abril 08, 2016 0 Comments


Os candidatos a casa própria das quase 5 mil unidades que há 4 anos vêm sendo construídas em Santarém, bancadas pela Caixa Econômica Federal às famílias de baixa renda, do Programa Minha Casa Minha Vida, com as situadas (3.081 unidade) na rodovia Fernando Guilhon, feitas numa área sem obedecer nivelamento, em antigo lixão, em fase de comprovação de renda para entrega, os compradores devem verificar com ajuda da Prefeitura, dos Ministérios Públicos, federal e estadual, da própria Caixa, se as moradias, a serem pagas acima de 10 anos, não vão dar problema quanto a qualidade da construção, material empregado, principalmente da vazão das águas servidas dos moradores e das chuvas durante muitos invernos. Neste jogo, entre o sonho e a realidade, só não perde o governo, e sim o comprador. No dia 21/03, a Câmara Federal aprovou Medida Provisória, de autoria da presidente Dilma, que o beneficiário que não pagar em dias a prestação do financiamento, feito com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (dinheiro do trabalhador), o depositado em banco, em nome do comprador, vai garantir o débito contraído com a Caixa. Todo cuidado é pouco para não ser vítima, como vem ocorrendo em muitos estados.

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.