POVO RECLAMA - IMPACTO

quarta-feira, maio 25, 2016 0 Comments


CabecalhoMuralJPG
(Empresário Oprimido)
“QUE SE LASQUE O EMPRESÁRIO SANTARENO: Sem noção, e parecendo está vivendo no mundo de – ‘Alice no País das Maravilhas’, ou melhor, ‘SEFA na cidade das Maravilhas’ -, o presidente do Sindifisco, Antonio Catete, juntamente com comitiva vinda de Belém, fez vista grossa quanto as inúmeras denúncias divulgadas na imprensa local, sobre a atuação da Regional da SEFA. No retorno a Capital, destacou que o bom comportamento da arrecadação na Regional, se deve à soma de fatores da atividade econômica em si e da eficiência do trabalho do Fisco. Só rindo para não chorar”.
(Rodinei)
“Todos os dias quando passo aqui no cais, perto da Feira do Pescado eu fico com nervoso por causa desse buraco que aos poucos vai ficando maior. Várias denuncias já foram feitas dessa cratera que abriu no cais de arrimo, aqui na Avenida Tapajós, bem na frente de Santarém, mas as autoridades do município vedam os olhos. Parece que enquanto não acontecer uma tragédia, a Prefeitura não vai fazer nenhum serviço de manutenção nesse local. Isso é ruim, porque Santarém é uma cidade turística e os visitantes que chegam pelos rios Tapajós e Amazonas se deparam logo com a falta de estrutura da cidade. Até mesmo um turista corre o risco de sofrer algum problema aqui no cais. Fica o alerta as autoridades!”
(O escambau ilustrado)
escambau ilustrado
As vozes da cidade ecoam diante do descaso a que está relegada a Pérola do Tapajós. Nestas imagens, um pouco do muito que é o cenário atual da cidade. Tem de tudo nessa balbúrdia urbana: porto improvisado, cemitério abandonado, e outras mazelas que não só enfeiam a cidade, como também contribuem para apagar o brilho turístico que teria a Pérola do Tapajós.
escambau ilustrado2Turistas estão se afastando, em seu lugar, surgem caminhoneiros e carretas, atrapalhando o trânsito e quebrando o pouco que ainda resta de asfalto nas ruas. Nada de beleza, nada de encanto. A Pérola do Tapajós tem é que tomar novos rumos. Tem muitos candidatos, muitas promessas, e o povo cansado de ver navios na Orla, (que por sinal está caindo aos pedaços).
Dizem os bons analistas políticos, que nada como uma má administração municipal, com eleição no meio. Uma oportunidade que o povo tem para varrer da Prefeitura um gestor que parece esqueceu da cidade e do povo que o elegeu. Quem sabe se a eleição de uma Prefeita nesse momento não seria a solução? Ou mesmo de um empresário, de um médico…as urnas e a vontade do povo é que deve prevalecer. (Carlos Cruz).
(Antonio Carmo)
“Realizamos mais uma paralisação com a finalidade de chamar atenção do presidente do Tribunal de Justiça do Pará (TJ/PA), Constantino Guerreiro, para a necessidade de dialogo sobre o reajuste salarial que sempre acontece no mês de maio. Realizamos uma paralisação na semana passada e fizemos outra na manhã de hoje, 19/05. A categoria tem por objetivo apoiar o movimento ‘ReaJusto’, iniciado pelos servidores da justiça, em Castanhal. Solicitamos o aumento de 12,52% para o reajuste anual. Caso o diálogo não seja feito, os atos vão continuar em várias comarcas do Estado”.
(Conceição)
“Já passou da hora da prefeitura de Santarém fazer alguma coisa em relação aos devaneios em relação a publicidade em placas, outdoor e cartazes. A poluição está muito grande. Desrespeito total com a população que não é obrigada a conviver com esse excesso de propaganda”.
(Vai ou não vai?)

Delegado Luiz Paixão, ao que parece, pode desistir de sua candidatura. “forças ocultas” estariam impedindo essa pretensão política do homem da lei, que anunciou com estardalhaço que seria pré-candidato a Prefeito, e com grandes chances de ser eleito. Ganha com isso o povo, que está desguarnecido na área de segurança pública, depois que quatro delegados foram mordidos pela mosca azul da política. E agora Delegado? O povo quer saber qual sua decisão. (Carlos Cruz)

José colares

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.